UAI
Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

BH reduz intervalo de aplicação de 2ª dose da Pfizer; veja cronograma

A partir desta semana, quem recebeu a 1ª dose há pelo menos 21 dias já pode comparecer aos pontos de vacinação


22/11/2021 14:31 - atualizado 22/11/2021 14:47

Profissional de saúde segurando seringa
O horário de funcionamento dos locais de vacinação é de segunda a sexta-feira das 8h às 17h para pontos fixos e extras (foto: Leandro Couri/EM/DA Press)
A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) anunciou, nesta segunda-feira (22), a redução para 21 dias do intervalo de aplicação de segunda dose da vacina da Pfizer. Sendo assim, a partir desta semana, as pessoas que receberam a primeira dose há pelo menos 21 dias já podem comparecer aos pontos de vacinação para concluir o esquema vacinal.

Confira o novo cronograma

  •  Dia 23/11, terça-feira: dose de reforço para trabalhadores da saúde a partir de 18 anos, completos até 30 de novembro, cuja segunda dose tenha 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, documento de identidade, CPF e documento que comprove ser trabalhador em atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte;
  •  Dia 24/11, quarta-feira: segunda dose para adolescentes de 17 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose;
  •  Dia 25/11, quinta-feira: segunda dose para adolescentes de 16 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose e repescagem de segunda dose para pessoas de 29, 26, 25, 24, 22, 21 e 20 anos vacinadas com a Pfizer. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;
  •  Dia 26/11, sexta-feira: - segunda dose para adolescentes de 15 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose. Para se imunizar, os adolescentes dessa faixa etária precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais. - dose de reforço para trabalhadores da saúde a partir de 18 anos, completos até 30 de novembro, cuja segunda dose tenha 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, documento de identidade, CPF e documento que comprove ser trabalhador em atividade em estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte;
  •  Dia 27/11, sábado: não haverá vacinação; Dia 29/11, segunda-feira: segunda dose para jovens de 14 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF. Para se imunizar, os adolescentes dessa faixa etária precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais;
  •  Dia 30/11, terça-feira: segunda dose para jovens de 13 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF. Para se imunizar, os adolescentes dessa faixa etária precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais;
  •  Dia 1/12, quarta-feira: segunda dose para adolescentes de 12 anos, cuja data no cartão tenha completado pelo menos 21 dias da primeira dose. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF. Para se imunizar, os adolescentes dessas faixas etárias precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais;
  •  Dia 2/12, quinta-feira: repescagem para grupos e faixas etárias que foram vacinados com Pfizer e ainda precisam receber este imunizante, seja com a aplicação de primeiras e segundas doses, doses de reforço ou adicional;
  • Dia 3/12, sexta-feira: dose de reforço para idosos de 63 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 5 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte.

Segundo a administração municipal, as pessoas convocadas devem se vacinar nos locais listados para cada grupo e sempre checar os endereços, disponibilizados no portal da Prefeitura, antes de se deslocar aos pontos de imunização.

O horário de funcionamento dos locais de vacinação é de segunda a sexta-feira das 8h às 17h para pontos fixos e extras, e das 8h às 16h30 para pontos de drive-thru. 

''A Secretaria Municipal de Saúde orienta que o usuário se vacine no dia da convocação. Caso a pessoa se dirija às unidades em data posterior, está sujeita a enfrentar filas, já que os pontos de repescagem estão distribuídos em uma unidade por regional e por tipo de vacina'', informou. 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade