UAI
Publicidade

Estado de Minas VEJA O VÍDEO

PM atira em dupla que roubou tasers de dentro da viatura

Roubo ocorreu em Contagem, enquanto policiais registravam ocorrência de lesão corporal denunciada pelos próprios suspeitos do crime


16/11/2021 22:46 - atualizado 17/11/2021 00:52

Uma cena violenta assustou os moradores do Bairro Guanabara, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta segunda-feira (16/11). Dois homens tentaram roubar tasers (armas de eletrochoque) de dentro de uma viatura da Polícia Militar estacionada na Avenida Antônio José Rocha. No confronto com os militares, acabaram atingidos por disparos de pistolas elétricas. Registrado em vídeo por populares, o episódio circula nas redes sociais. 

Segundo a PM, a ocorrência foi registrada por volta de 17h20. Os dois rapazes que aparecem nas imagens são primos. Pouco antes do roubo, eles teriam procurado os policiais com várias partes do corpo ensanguentadas, para denunciar que haviam sido esfaqueados durante uma briga em um beco nas redondezas da Avenida Antônio José Rocha. Enquanto os agentes apuravam a denúncia, a dupla abriu a porta do veículo policial e furtou os tasers. 

Os militares então dispararam contra os suspeitos para impedir que levassem o equipamento, uma vez que eles teriam resistido à ordem de parada. Ambos caíram no chão devido à descarga elétrica. Imobilizados, os dois foram levados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Ressaca. De lá, foram presos, encaminhados à Central Estadual de Plantão Digital, no Bairro Serra Verde, em BH. 

Confusão em contagem
Confusão generalizada: homens denunciam lesão corporal e roubam tasers da polícia (foto: PMMG/Divulgação)

Confusão no beco

Conforme o boletim de ocorrência, antes do roubo, os primos procuraram a PM, que fazia patrulhamento na região, para denunciar que haviam levado facadas durante uma confusão generalizada em um beco. 

Os dois relataram que trocavam o pneu do carro no qual circulavam, quando viram um grupo de crianças saindo da viela. Segundo a dupla, elas estavam sendo atacadas com pedradas.
 
Os primos, foram, então, ao beco, numa tentativa de defender os meninos. No local, encontraram outros dois homens, supostos agressores do bando infantil. Os quatro começaram a brigar e, durante a confusão, os primos teriam saído machucados. 

Enquanto os militares atendiam a ocorrência, os rapazes vasculharam a viatura e acharam a maleta contendo tasers e cartuchos.

Questionados pelos agentes sobre o motivo do furto, os suspeitos disseram que pretendiam usar a arma para retaliar os agressores do beco, que também acabaram presos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade