UAI
Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

Chuvas e deslizamentos de terra preocupam a Defesa Civil de Timóteo

A previsão para o fim de semana é de 70 mm de chuva em Timóteo e a Defesa Civil Municipal se preocupa com os deslizamentos de terra nas encostas da cidade


12/11/2021 11:43 - atualizado 12/11/2021 11:48

A Defesa Civil de Timóteo trabalha para evitar deslizamentos como esse, ocorrido na quinta-feira (11/11)
A Defesa Civil de Timóteo trabalha para evitar deslizamentos como o ocorrido na quinta-feira (11/11) (foto: Defesa Civil Divulgação)
As chuvas que caem no Vale do Aço, especialmente em Timóteo, estão preocupando a defesa civil do município. A previsão para o fim de semana é de 70 mm de chuva. A maior preocupação, segundo a Defesa Civil, são os deslizamentos de terra e desabamentos de casas.

O coordenador da Defesa Civil de Timóteo, Marques Valgas, disse que já recebeu mais de 30 chamadas, a maioria relacionada a deslizamentos de terra, na crista dos taludes, como aconteceram com as gigantescas rochas que caíram no trecho da BR-381, no distrito de Cachoeira do Vale.

“A movimentação de massa é um problema crônico que o município enfrenta, que envolve a movimentação de massa e as construções irregulares. Envolve também os cortes irregulares que são feitos à margem da legislação”, explicou Valgas.

deslizamento do material rochoso na BR-381, distrito de Cachoeira do Vale, na madrugada de quinta-feira (11/11) causou sérios problemas para os moradores dos bairros Petrópolis e Santa Rita. Com a estrada bloqueada, a prefeitura sugere um caminho alternativo pelo Bairro Novo Tempo, para que esses moradores possam chegar à área central.

A situação mais grave até o momento foi o desabamento de uma casa localizado no fim do Bairro Alvorada e início do Bairro vale Verde. A casa caiu logo depois que os moradores saíram. A moradora relatou à Defesa Civil que ouviu estalos e logo percebeu que sua casa viria abaixo, junto com o barranco.

“Graças a Deus, as pessoas que habitavam na casa saíram a tempo. Esse fato ocorreu por volta de uma hora da manhã, na quinta-feira, e segundo a moradora, ela escutou alguns estalos no piso e na parede, que são característicos de movimentação de massa”, disse Valgas, lembrando que a Prefeitura está em contato com essa família para dar a abrigo a todos os seus membros.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade