UAI
Publicidade

Estado de Minas TRÁFICO

Polícia Civil desarticula esquema de 'disque-droga' em Paraopeba

Maconha, cocaína e crack eram fornecidas por telefone nos bairros Dom Cirilo, Centro, Canaã e Nossa Senhora do Carmo, além do município vizinho de Caetanópolis.


07/10/2021 19:18 - atualizado 07/10/2021 19:32

Viaturas da Polícia Civil em Paraopeba, interior de Minas Gerais
A ação policial prendeu seis homens, sendo que três já tinham mandados de prisão em aberto. (foto: PCMG/Divulgação)
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em conjunto com a Polícia Militar, desencadeou nesta quinta-feira (7/10) uma operação contra o tráfico de drogas em Paraopeba, Região Central do estado. Seis homens, com idades entre 20 e 26 anos, foram presos, suspeitos de integrarem uma organização criminosa.
 
A ação policial é fruto de seis meses de investigação da Polícia Civil, que identificou a associação criminosa responsável pelo tráfico de drogas na cidade. As vendas ocorriam na modalidade "disque-drogas", quando o traficante entrega os entorpecentes encomendados na casa do usuário.
 
Segundo a PCMG, maconha, cocaína e crack eram fornecidas nos bairros Dom Cirilo, Centro, Canaã e Nossa Senhora do Carmo, além do município vizinho de Caetanópolis. As negociações ocorriam por meio de ligações telefônicas e nos pontos de venda.
 
A PCMG representou à Justiça pelos mandados de busca e apreensão, de prisões preventivas, além do sequestro de bens e valores existentes em contas bancárias do grupo criminoso.
 
Durante a operação, drogas e material para a venda de entorpecentes foram localizadas com três dos investigados, contra os quais já haviam mandados de prisão em aberto e que também foram autuados em flagrante. Além disso, automóveis foram apreendidos no curso da ação policial.
 
Os investigados podem responder pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, lavagem de capitais e corrupção de menores. Eles foram encaminhados ao sistema prisional, e as investigações prosseguem.
 
Ainda de acordo com a PCMG, também foram lavrados procedimentos aos usuários.
 
Participaram da operação 42 policiais civis e militares, em 14 viaturas, com apoio da Coordenação Aerotática (Cat) da PCMG e dos cães farejadores da Rocca da Polícia Militar.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade