UAI
Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA

Homem é preso por tentar matar mãe, irmã e namorada no Norte de Minas

Tentativa de feminicídio ocorreu no Bairro São Judas, em Montes Claros, no dia 12 de setembro


23/09/2021 15:25 - atualizado 23/09/2021 15:45


Crime ocorreu no último dia 12 de setembro no Bairro São Judas Tadeu em Montes Claros, na Região Norte de Minas
Crime ocorreu no último dia 12 de setembro no Bairro São Judas Tadeu em Montes Claros, na Região Norte de Minas (foto: Reprodução/Google Street View)
 
Um homem de 21 anos foi preso por cometer tentativa de feminicídio contra a mãe, de 46, a irmã e a namorada. O crime ocorreu no último dia 12 de setembro, em Montes Claros, na Região Norte de Minas.
 
De acordo com as investigações da Polícia Civil, o suspeito agrediu fisicamente a mãe, desferiu uma facada no pescoço e ainda ateou fogo no cabelo dela. O ato criminoso foi registrado na residência da vítima, localizada no bairro São Judas Tadeu.
 
Ainda segundo a polícia, o suspeito teria se desentendido com a namorada e resolveu trancá-la em um quarto da casa como ‘castigo’. A mãe do rapaz viu a cena e tentou intervir, mas foi agredida pelo filho a tapas. Posteriormente, as agressões evoluíram para uma tentativa de feminicídio.
 
Após os demais ataques violentos, a irmã do jovem socorreu a vítima.
 

Incêndio

 
Segundo a delegada Karine Maia, responsável pelo caso, enquanto a filha socorria a mãe, o suspeito colocou fogo em outro cômodo da casa e provocou um incêndio.
 
“A intenção dele era que todas fossem queimadas: a mãe, a irmã e a namorada dele, que estava trancada no quarto. As chamas foram contidas”, detalhou.
 

Fuga

 
Após incendiar o local, o investigado fugiu pulando o muro dos vizinhos. Na fuga, quebrou várias telhas das residências próximas. Ele ainda abordou uma mulher, a segurou pelo braço e fugiu com o carro dela.
 
Utilizando o veículo, o homem arrombou o portão de uma escola localizada no centro da cidade. Já distante de casa, ele abandonou o carro em uma linha férrea, próximo do instituto de ensino.
 
Ainda de acordo com a delegada, o suspeito retornou para o colégio e quebrou vários móveis. “Depois que parou de quebrar os móveis da escola, ele subiu no telhado e alegou que iria suicidar, pulando do local. Ele foi contido e preso”, esclareceu Karine.
 
O jovem foi autuado pela polícia em flagrante. Ele foi indiciado pelos crimes de tentativa de feminicídio, roubo e dano. O suspeito permanece no sistema prisional à disposição da Justiça.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade