Publicidade

Estado de Minas ORIENTAÇÃO

PC de Araxá cria projeto para homens enquadrados na Lei Maria da Penha

O projeto acontecerá por meio de reuniões voltadas para homens que respondem por agressão contra mulheres


15/07/2021 11:53 - atualizado 15/07/2021 12:14


Os encontros do projeto Grupo Reflexivo acontecerão na sede da Delegacia de Proteção à Família(foto: PCMG/Divulgação)
Os encontros do projeto Grupo Reflexivo acontecerão na sede da Delegacia de Proteção à Família (foto: PCMG/Divulgação)
Com objetivo de reduzir os crimes de violência doméstica, a Polícia Civil de Araxá, através da Delegacia de Proteção e Orientação à Família, criou o projeto Grupo Reflexivo: Por um Novo Propósito, voltado para homens que foram enquadrados na Lei Maria da Penha.
 
Segundo informações do delegado regional Vitor Hugo Heisler, a partir desta quarta-feira (15/7), na sede da Delegacia de Proteção à Família, acontecerão oito encontros a cada 15 dias com cerca de dez homens que respondem por violência doméstica.
 
“Com estes encontros queremos promover a conscientização sobre o respeito e diálogo familiar e baixar a reincidência nos crimes de violência doméstica e familiar”, destacou o delegado.
 
Ainda conforme Heisler, vão participar dos encontros, além dos autores, também investigadores, psicólogas e assistentes sociais.

“Esta é a primeira fase do projeto, sendo que depois, na segunda fase, estes homens irão passar por acompanhamentos individuais, também com psicólogos, assistentes sociais e investigadores”, acrescenta.
 
O projeto Grupo Reflexivo: Por um Novo Propósito é uma parceria da PC de Araxá com o Poder Judiciário, Ministério Público, Polícia Militar, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e Secretaria Municipal de Ação Social.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade