Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Com críticas ao governo federal, pessoas com 58 anos são vacinadas em BH

Após cinco semanas de espera, fila está andando para as pessoas entre 56 e 59 anos ao longo desta semana na capital mineira


08/06/2021 12:12 - atualizado 08/06/2021 12:41

Sergio Ricardo de Souza no posto do Bairro Sagrada Familia, em BH(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Sergio Ricardo de Souza no posto do Bairro Sagrada Familia, em BH (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Foram cinco semanas aguardando a vez na fila e finalmente o dia de vacinar a população na faixa dos 56 aos 59 anos chegou. Nesta terça-feira (8/6) foi liberada a vez das pessoas com 58 anos e muitas delas criticaram o governo federal pelo atraso na vacinação.

Marcelo Borges, de 58 anos, foi caracterizado para este momento com “Fora Genocida” estampado na máscara. “É uma satisfação muito grande ter vacina pelo menos para uma parcela da população brasileira. É uma coisa que já deveria estar acontecendo desde o ano passado. A gente vê pais de família perdendo a vida por falta de uma política de um governo que invista e que compre vacina, como outros países fizeram. Infelizmente no Brasil sofremos esse negacionismo da vacinação”, criticou.
 

Ana Tavares, de 5, também atacou a postura adotada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em negar a compra de vacinas. “É uma sensação de alívio e vitória vir vacinar porque foi muito difícil o presidente conseguir comprar essas doses com esse negacionismo dele. Então a gente já poderia ter se vacinado há muito tempo”, comemorou.

Em BH, a prefeitura vacinou pessoas de até 60 anos em 3 de maio e interrompeu a imunização pela faixa etária sem comorbidade para dar prioridade a outros grupos. Nessa segunda-feira (7/6) voltaram a vacinar pela idade e, até o fim desta semana, pessoas de até 56 anos poderão receber a primeira dose do imunizante.
 

Vacinômetro

A Prefeitura de Belo Horizonte já vacinou 43,8% dos belo-horizontinos com a primeira dose acima de 18 anos, que são o público alvo. Outros 19,7% já receberam a segunda dose do imunizante, entre Coronavac, AstraZeneca e Pfizer.

Todas as informações sobre as doses distribuídas e os grupos já vacinados estão disponíveis no site da PBH.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade