Publicidade

Estado de Minas NOVO DONO

Menin sobre compra da Rádio Itatiaia: 'É um patrimônio mineiro'

Empresário mineiro, que já controla a CNN Brasil, Rubens Menin contou os planos para a emissora de rádio e revelou que a negociação foi rápida: 'Uns 30 dias'


13/05/2021 12:00 - atualizado 13/05/2021 12:35

Rubens Menin é presidente do conselho da construtora MRV, além de conselheiro e um dos principais investidores do Atlético(foto: Divulgação/MRV)
Rubens Menin é presidente do conselho da construtora MRV, além de conselheiro e um dos principais investidores do Atlético (foto: Divulgação/MRV)
Uma reunião nesta quinta-feira (13/5) selou o acordo de compra da Rádio Itatiaia por parte do empresário Rubens Menin, fundador da MRV Engenharia e controlador da CNN Brasil. Minutos depois, a emissora anunciou de forma oficial a conclusão da negociação. Ao Estado de Minas, Menin detalhou como foram as conversas e seus planos para a rádio.

Rubens Menin contou que o agora antigo presidente da Itatiaia, Emanuel Carneiro, estava pensando em se aposentar. Com isso, o empresário viu a oportunidade de adquirir a rádio, a qual classificou como um 'patrimônio mineiro''. Menin revelou que as conversas foram rápidas, durando apenas 30 dias. A conclusão do acordo foi noticiada em primeira mão pelo Estado de Minas nessa quarta-feira (12/5).

“Ela (Itatiaia) é muito importante para Minas Gerais, para o jornalismo de Minas Gerais. Ela tem que ser preservada. A Itatiaia é um patrimônio mineiro. Como o Emanuel já estava pensando em se aposentar - e a gente respeita muito o trabalho dele -, apareceu essa oportunidade, importante para Minas”, disse Rubens.

Ainda de acordo com Rubens, a Itatiaia não deve ter mudanças. No entanto, o empresário descartou uma sinergia da produção da rádio com a CNN Brasil. “Não, são duas empresas totalmente diferentes. Cada uma tem uma pegada, cada uma tem seu público e sua área de atuação. Então elas são independentes.”

Leia, na íntegra, a entrevista com Rubens Menin

Por que a compra da Itatiaia, uma das rádios mais tradicionais do Brasil?

Porque ela é muito importante para Minas Gerais, para o jornalismo de Minas Gerais. Ela tem que ser preservada. Itatiaia é um patrimônio mineiro. Como o Emanuel já estava pensando em aposentar - e a gente respeita muito o trabalho dele -, apareceu essa oportunidade, importante para Minas.

O que você mais admira na emissora?

Os profissionais de jornalismo da Itatiaia, a imparcialidade, o bom jornalismo mostrando a população. Um trabalho muito bacana.

O que vai mudar na Itatiaia? A curto, médio e longo prazo?

Espero que nada. Só uma evolução natural do mundo, mantendo os padrões. Preservar a equipe de jornalismo que está lá, equipe vencedora.

Pretende fazer uma sinergia da produção da rádio com a CNN Brasil?

Não, são duas empresas totalmente diferentes. Cada uma tem uma pegada, cada uma tem seu público e sua área de atuação. Então elas são independentes.

Rubens Menin também será comentarista da emissora?

Não. Não vou participar. Não estarei no dia a dia da operação, não. Ficarei só no conselho de administração.

Como foram os bastidores da negociação? Quanto tempo as conversas com a Itatiaia duraram?

Foi rápido, não foi muito demorado. Deve ter uns 30 dias.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade