Publicidade

Estado de Minas INFLUENZA

BH passa a vacinar idosos e professores contra a gripe

Segunda fase da campanha, que começou nesta terça-feira, é destinada a pessoas a partir de 60 anos e professores; confira locais e horários


11/05/2021 19:12 - atualizado 11/05/2021 20:24

Idosos com 60 anos ou mais são o público-alvo principal desta segunda etapa da campanha (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Idosos com 60 anos ou mais são o público-alvo principal desta segunda etapa da campanha (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe começa nesta terça-feira (11/5) e vai até 8 de junho. Essa fase é destinada a pessoas a partir de 60 anos e professores. 

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que seguirá as diretrizes do Ministério da Saúde. Assim, idosos poderão se imunizar nos centros de saúde da capital, com exceção das nove Unidades 24h e dos locais de vacinação para o público com comorbidades.

Você pode conferir esses pontos no site da PBH.

Ainda segundo a PBH, a campanha contra a gripe segue em andamento para os demais públicos:

  • crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias; 
  • gestantes e puérperas;  
  • trabalhadores da saúde que atuam em hospitais (públicos, filantrópicos e privados), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), centros de saúde e Unidade de Pronto Atendimento (UPAs). 

O Ministério da Saúde está repassando as doses da vacina de forma escalonada.

Na capital mineira, além dos professores, a estimativa é que sejam cerca de 151 mil crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias; 22 mil gestantes; 3 mil puérperas e cerca de 105 mil trabalhadores da saúde atuando em hospitais, SAMU, Centros de Saúde e UPAs.

A meta da PBH é vacinar 90% do público.

Por medida de segurança, pessoas que receberam a vacina contra COVID-19 precisam respeitar um intervalo mínimo de 14 dias para tomar a dose contra gripe.

Locais de vacinação


A vacinação de professores, crianças, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde é realizada nos centros de saúde, no horário de rotina das salas de vacina.

Já a aplicação das doses para os profissionais de saúde de hospitais, UPAs e SAMU segue sendo realizada em cada instituição.

Mesmo com o fim do prazo para imunização do público da primeira fase, a PBH ressalta que, a qualquer momento da campanha, os integrantes desses grupos podem procurar um dos centros de saúde da capital, com exceção das Unidades 24h e dos locais de vacinação do público com comorbidades.

Os endereços dos centros de saúde e os horários estão disponíveis no portal da prefeitura. Confira aqui
 
*Estagiária sob supervisão da subeditora Kelen Cristina


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade