Publicidade

Estado de Minas Feminicídio

Corpo de mulher em cova rasa pode desvendar mistério no Sul de Minas

Uma mulher de 45 anos está desaparecida desde outubro de 2020, e o companheiro dela está sendo indiciado por feminicídio


27/04/2021 15:46 - atualizado 27/04/2021 22:04

Policiais encontraram junto ao corpo roupas e um pedaço de colchão que seriam da mulher, desaparecida desde outubro(foto: PCMG/Divulgação)
Policiais encontraram junto ao corpo roupas e um pedaço de colchão que seriam da mulher, desaparecida desde outubro (foto: PCMG/Divulgação)

Um corpo de mulher, de aproximadamente 45 anos, encontrado enterrado em cova rasa num matagal próximo a Baependi, no Sul de Minas Gerais, pode ser o início do esclarecimento do desaparecimento de uma mulher, em outubro do ano passado. O companheiro da vítima, um pedreiro de 48 anos, está sendo indiciado por feminicídio.

Os policiais da Delegacia de Baependi chegaram ao corpo seguindo uma denúncia, de que haveria uma cova suspeita na zona rural, próximo à estrada que liga Baependi a São Tomé das Letras.

 

Uma equipe da Delegacia de Baependi foi até o local e, após fazer a escavação, encontrou os restos mortais que, conforme indícios, pode ser da vítima.

 

A suspeita é reforçada pelo fato de terem sido encontrados, junto ao corpo, as roupas e um pedaço de colchão identificados como sendo da mulher.

Exame de DNA

 

 

Uma equipe de peritos em criminalística esteve no local fazendo levantamento e colhendo provas.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de São Lourenço, para necropsia e coleta de material para exame de DNA.

 

O suspeito, que esteve preso preventivamente, desde dezembro de 2020, foi solto em março deste ano mediante a concessão de liberdade provisória pela Justiça.

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade