Publicidade

Estado de Minas ENTREGA DE CESTAS

Campanha online pela redução da fome em Minas reúne 70 instituições

Terceiro setor é importante parceiro nos esforços e ações de solidariedade durante a pandemia de COVID-19


26/04/2021 13:32 - atualizado 26/04/2021 16:08

(foto: Terceiro Setor/Divulgação)
(foto: Terceiro Setor/Divulgação)

A campanha online "Unindo Forças BH - TODOS contra a FOME", de doação coletiva, já reúne 70 instituições e patrocínio de 15 empresas para reduzir os danos da fome durante a pandemia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A meta de arrecadação de cestas é de R$ 2 milhões e segue até 1º de maio. As cestas são entregues semanalmente, depois de higienizadas, desde a montagem.

O critério de seleção das famílias leva em consideração a maior vulnerabilidade na data da entrega, segundo mapa feito por meio de um cruzamento de dados, reavaliado pelas lideranças comunitárias locais. 
 
São formados subgrupos compostos por voluntários responsáveis pela comunicação da campanha, negociação e compra das cestas, identificação e relacionamento com líderes comunitários, e criação de estratégia para distribuição. Toda a operação de entrega dos alimentos é feita em parceria com instituições e líderes comunitários.
A inciativa reúne esforços de arrecadação de instituições e já conseguiu apoio de 15 empresas. “Optamos em construir uma ação conjunta, porque acreditamos na união e na organização como meio mais eficaz de conseguir ajudar as pessoas. A pandemia agravou o problema da fome e não podemos esperar. Juntos conseguimos resultados melhores que se estivéssemos captando sozinhos. Tanto que já temos R$ 1,3 milhão em caixa. Tenho certeza de que conseguiremos atingir nossa meta de R$ 2 milhões até 1º de maio deste ano!” conta Sílvia Castro, coordenadora de comunicação da campanha. 
 
Noemi Vieira, de 57 anos, mora na ocupação Izidora, em uma casa com nove pessoas. São três filhos e cinco netos, com idades entre 3 e 11 anos. Os adultos estão desempregados. A comida vem da horta de seu quintal. Orapronobis, taioba, chuchu e couve não são suficientes. O reforço vem da solidariedade de vizinhos, amigos e iniciativas do terceiro setor. “Já fiquei algumas noites sem jantar para dar o que tinha de comer para meus netos. E mesmo no aperto, eu me sinto privilegiada por conseguir plantar e ainda receber ajuda." 
 
Madalena dos Santos, de 51 anos, se disse "desanimada com a vida", mas quando a cesta básica chegou, "foi um alento". Ela explica que a filha perdeu o emprego, está sem dinheiro para manter a fabricação dos vasos de cimento, o que garantia parte da renda, "e ainda são dois netos para ajudar a criar", completa.
 
Segundo dados da Associação Brasileira de Captadores de Recursos, ABCR, um montante de R$ 6,5 bilhões foi arrecadado no último ano em doações. De acordo com a pesquisa “Impacto da COVID-19 nas OSCs Brasileiras: da Resposta Imediata à Resiliência”, promovida pela Mobiliza e ReosPartners e divulgada pela Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais, ABONG, 87% das organizações ofertaram atendimento às populações afetadas pela Covid-19. São  50% delas se engajaram na distribuição de alimentos e produtos de higiene e proteção para públicos já atendidos.

De acordo com a ABONG  o Brasil ocupou o 74° lugar, de 140 países, no ranking de solidariedade “World Giving Index 2019”, da Charities Aid Foundation. Mas, segundo a organização, é preciso ainda desenvolver a cultura de mobilização social, mesmo sem grandes tragédias.
 
Para transparência do uso do recursos arrecadados para o Unindo Forças – BH,  uma empresa de auditoria e consultoria, com presença em mais de 140 países, a Grant Thornton Brasil, prestará serviços de auditoria das demonstrações financeiras do movimento.

De acordo com o CEO da empresa no Brasil, Daniel Maranhão, "a ideia é reafirmar o compromisso da Grant Thornton de atuar de maneira consistente em ações e projetos relacionados à inclusão e diversidade, empreendedorismo e voluntariado. É muito importante para nós e uma satisfação poder fazer parte do projeto atestando seu compromisso com a transparência dos processos, parceiros e sociedade”, afirmou o executivo.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade