Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA SEXUAL

Preso em Contagem homem que abusou de menina dos 9 aos 12 anos no Sul de MG

Crimes começaram em Jacutinga, de onde o homem fugiu em julho de 2020, após a menina revelar os abusos à mãe


21/04/2021 14:08 - atualizado 21/04/2021 18:50

A pequena Jacutinga foi sacudida com a história do estupro da menina de 12 anos pelo padastro(foto: Câmara Municipal de Jacutinga)
A pequena Jacutinga foi sacudida com a história do estupro da menina de 12 anos pelo padastro (foto: Câmara Municipal de Jacutinga)

Foragido da polícia desde julho de 2020, quando foi denunciado e teve um mandado de prisão expedido contra ele, um homem, de 47 anos, acusado de abusar sexualmente da enteada, de 12, em Jacutinga, no Sul do Minas, foi preso na noite dessa terça-feira (20/4), em Contagem, onde estava escondido.


Toda a investigação foi conduzida pela Delegacia de Jacutinga, que emitiu um alerta para a prisão do homem, que fugiu de Jacutinga quando a mãe da vítima procurou a polícia para registrar a queixa. 

 

Segundo a mãe, a menina a procurou, dizendo que não relatou os abusos antes por medo, pois era ameaçada pelo padrasto. A menina contou que os abusos começaram quando ela tinha ainda 9 anos. Desde então, era ameaçada pelo homem, para que não contasse.

 

A descoberta do esconderijo do abusador surgiu quando policiais de Jacutinga desconfiaram que ele poderia estar escondido em Contagem. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Eventos da PCMG. O delegado Denilson Martins determinou o início de diligências, que foram coordenadas pelo inspetor Marco Matos e pelo subinspetor Breno Paulo Oliveira.
 

Segundo Oliveira, os policiais descobriram que o homem estaria escondido numa casa onde funcionava uma república, no Bairro Monte Castelo.

 

“Fomos até lá, e não o encontramos. Segundo informações, ele tinha saído para fazer uma caminhada. Fizemos então uma campana e quando ele retornou à casa, demos voz de prisão”, conta o subinspetor Breno.

 

Nos pertences do abusador sexual foram apreendidos pendrives e cartões de memória. O material apreendido, segundo o inspetor Mário, deverá ser encaminhado, a partir de um pedido do delegado de Jacutinga, para a perícia. O autor do  crime também será transferido para a cidade do Sul de Minas. 



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade