Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA

Pai que torturava o filho de 6 anos é preso em Valadares

As torturas eram frequentes, segundo os vizinhos. No domingo, o pai deixou o filho ensanguentado e ainda tentou enforcar a criança com um cinto


13/04/2021 10:06 - atualizado 13/04/2021 11:11

Bairro Santa Helena, onde moravam os garotos torturados pelo pai, fica em uma área de vulnerabilidade social de Governador Valadares(foto: Google Street View)
Bairro Santa Helena, onde moravam os garotos torturados pelo pai, fica em uma área de vulnerabilidade social de Governador Valadares (foto: Google Street View)

Um homem foi preso em Governador Valadares, Leste de Minas, acusado de torturar o filho, um garotinho de 6 anos. As agressões contra a criança aconteceram na noite de domingo (11/4). Ao ouvirem os gritos da criança e do pai agressor, vizinhos chamaram a polícia.
 
Quando os policiais chegaram à casa do acusado, na Rua Itabira, Bairro Santa Helena, área de vulnerabilidade social de Governador Valadares, ele tentou despistar os policiais, alegando que não havia acontecido nada e que não sabia de nada.
 
Mas os policiais pediram para ver o interior da casa e encontraram a criança escondida sob um lençol, que estava manchado com sangue, assim como as roupas do garoto, que tinha um corte no couro cabeludo, ferimento que ensanguentou o lençol e sua roupa. 
 
Os policiais que encontraram o garoto no quarto do pai agressor disseram que ficou evidente que o homem tentou esconder o filho da polícia e também dos vizinhos. Além do corte no couro cabeludo a criança apresentava várias lesões pelo corpo.
 
Ao ver a criança ensanguentada, os policiais deram voz de prisão ao homem e levaram a criança imediatamente para o Pronto Socorro do Hospital Municipal.

Depois do atendimento médico, o garoto contou aos policiais, na presença de conselheiros tutelares, que seu pai costuma bater nele com frequência. E que seu irmão, de 8 anos, também sempre é agredido pelo pai.

Aos militares, o garoto também contou que no domingo (11/4) foi agredido com um cinto. Contou que seu pai estava furioso e disse que iria enforcá-lo.
 
Na Delegacia da Polícia Civil, o pai agressor contou que a mãe dos garotos decidiu sair pelo mundo e se integrou à população em situação de rua, vivendo em diversas cidades de Minas e do Espírito Santo. 
 
A polícia informou que o homem acusado de agredir os filhos é usuário de drogas. De acordo com a corporação, sempre que o homem está sob efeito das drogas, ele fica furioso e parte para as agressões contra os dois filhos.

O delegado de polícia Endgel Rebouças disse que o homem foi indiciado por crime de tortura e levado para o presídio de Governador Valadares.
 
O delegado afirmou ainda que as crianças são de uma família dilacerada e serão acompanhadas pelo Conselho Tutelar. Para terem segurança, foram levadas para a casa da avó. 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade