Publicidade

Estado de Minas MANIFESTAÇÃO

Bolsonaristas pregam ruptura democrática no aniversário do golpe de 64

Com bandeiras verde e amarela e camisas da CBF, eles se concentraram no Mineirão e seguiram para o quartel do exército no Barro Preto


31/03/2021 12:23 - atualizado 31/03/2021 13:18

Bolsonaristas pregam insubordinação contra poder judiciário(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Bolsonaristas pregam insubordinação contra poder judiciário (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Com palavras de ordem contra o poder judiciário, parlamento brasileiro e a imprensa, manifestantes bolsonaristas se concentraram na esplanada do Mineirão, em Belo Horizonte, na manhã desta quarta-feira (31/03), e se dirigiram em carreata para o quartel do 12º BI (Batalhão de Infataria) do Exército, no Barro Preto.
Ver galeria . 11 Fotos Bolsonaristas pregam ruptura democrática no aniversário do golpe de 64Eduardo Murta/EM/D.A Press
Bolsonaristas pregam ruptura democrática no aniversário do golpe de 64 (foto: Eduardo Murta/EM/D.A Press )

A manifestação, com ataques à mais alta corte do judiciário brasileiro, acontece na data em que são lembrados os 57 anos do golpe civil militar de 1964, que censurou a imprensa, perseguiu opositores caçou políticos, militares e servidores públicos e exilou brasileiros, e que durou 21 anos.

Com camisas da CBF, bandeiras do Brasil e roupas verde amarelas, os manifestantes exibiram faixas contra o STF. No caminhão de som, a faixa 'Brasileiros, vamos desacatar o STF, equanto o STF nos desacatar.'

Os manfestantes percorreram ruas na região centro-sul da cidade e se uniram a outros grupos que se concentraram pela manhã na Praça Raul Soares. Todos seguiram em direção à unidade militar do exército, onde se concentraram, pedindo uma nova 'intervenção militar.'


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade