Publicidade

Estado de Minas NO TRIÂNGULO

COVID-19: Patrocínio publica novo decreto e toque de recolher continua

Outra cidade do Triângulo Mineiro que está com restrições na circulação de pessoas para conter o avanço do novo coronavírus é Frutal


02/03/2021 17:15 - atualizado 02/03/2021 17:18

O toque de recolher em Patrocínio vigora entre das 21h às 5h(foto: Prefeitura de Patrocínio/Divulgação)
O toque de recolher em Patrocínio vigora entre das 21h às 5h (foto: Prefeitura de Patrocínio/Divulgação)
Em Patrocínio, no Triângulo Mineiro, um novo decreto municipal de enfrentamento à COVID-19, com validade de sete dias, foi publicado nessa segunda-feira (1º/3). Foi proibido o uso de transporte urbano por maiores de 65 anos e a lotação máxima dos veículos ficou limitada em 50% da capacidade total. 
 
Outra mudança em relação ao último decreto (que havia sido publicado em 19 de fevereiro) foi com relação ao horário de início do toque de recolher. Passou das 20h para 21h, continuando até as 5h, exceto quando necessário o acesso aos serviços essenciais e sua prestação, comprovando-se a necessidade ou urgência.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI/COVID continua alta e bem perto do limite. 

Além disso, hipermercados, supermercados, mercados, mercearias e açougues passam a funcionar das 6h às 20h.

A realização de cirurgias e consultas eletivas nos hospitais públicos e privados da cidade voltou a ser autorizada, assim como a utilização das pistas de caminhada e corridas, além do uso de bicicletas esportivas – desde que com um número reduzido de pessoas e mantidos os cuidados sanitários.

Salões de beleza, barbearias, clínicas de estética, pilates, estúdios de tatuagens e afins poderão funcionar exclusivamente com agendamento, restrito ao atendimento de no máximo dois clientes por horário.

Óticas também poderão funcionar com atendimento presencial limitado a duas pessoas por vez, observadas as medidas de distanciamento social, higienização e prevenção ao contágio pelo novo coronavírus.

Confira mais detalhes do novo decreto no site oficial do município.
 

Ocupação de leitos de UTI

 
Em Patrocínio, há leitos de UTI/COVID na Santa Casa, no Pronto-Socorro Municipal e no Med Center. Os dois primeiros são públicos e o terceiro, particular.

Segundo o último boletim epidemiológico da cidade, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nessa segunda-feira, na Santa Casa a taxa de ocupação desse tipo de leito está em 100%. No Med Center, em 80%. 

A Santa Casa também está com todos os leitos de enfermaria/COVID ocupados. No Med Center, a taxa de ocupação registra 55%. 

No Pronto-Socorro Municipal, o setor de emergência está com 100% das vagas ocupadas, o de urgência com 75% e a enfermaria, 55%.

Desde o início da pandemia, Patrocínio já totalizou 4.501 casos positivos, sendo que desses 85 pessoas morreram e 4.270 se recuperaram.

Toque de recolher também em Frutal


Em Frutal, também no Triângulo Mineiro, um novo decreto também começou a valer nessa segunda-feira (1º/3), mas, diferentemente de Patrocínio, vai vigorar, inicialmente, por 15 dias.
 
Entre as medidas, toque de recolher todos os dias da semana, das 23h às 5h, e multa de R$ 514,50 para quem for flagrado sem a máscara de proteção. 
 
Além disso, está suspensa a abertura de bares, restaurantes, comércio de rua, academias, lojas de conveniência, entre outros estabelecimentos, aos finais de semana.

Os segmentos alimentícios podem fazer entregas, tanto no sábado como no domingo, até as 22h.
 
Segundo informações da secretária de Saúde de Frutal, Lamonise Ribeiro, o toque de recolher só poderá ser descumprido em duas hipóteses: quando houver um caso de emergência ou uma necessidade inadiável, como horário de expediente. 
 

Quase 100 mortes 


O último boletim epidemiológico de Frutal, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na manhã desta terça-feira (2/3), informa que a cidade teve, nas últimas 24 horas, mais um óbito causado pela COVID-19.

Uma mulher de 58 anos não resistiu à doença e morreu no Hospital Regional de Uberaba.

Foram confirmados 29 novos casos da doença nas últimas 24 horas – desde o início da pandemia, 3.600 pessoas já foram infectadas pelo novo coronavírus na cidade. Desse total, 92 morreram e 3.346 se recuperaram.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade