Publicidade

Estado de Minas DUPLO HOMICÍDIO

Pai e filho são encontrados mortos em Silvianópolis, no Sul de Minas

Vítimas foram mortas por enforcamento; suspeito está preso. Crime chocou a cidade


12/01/2021 12:06 - atualizado 12/01/2021 12:30

Pai e filho foram encontrados mortos nesta segunda-fera(foto: Reprodução Facebook)
Pai e filho foram encontrados mortos nesta segunda-fera (foto: Reprodução Facebook)
Pai e filho foram encontrados mortos dentro de casa, em Silvianópolis, no Sul de Minas, na noite desta segunda-feira (11/01). Vanderlei Ramos de Paiva, de 60 anos, e Arthur Ramos de Paiva Filho, de 80 anos, foram vítimas de homicídio. Eles foram encontrados com sinais de estrangulamento. Vanderlei Ramos era arquiteto e foi candidato a vice-prefeito na eleição passada na cidade, não sendo eleito.

Segundo a Polícia Militar, o crime teria ocorrido na madrugada de domingo para segunda. Os vizinhos desconfiaram que não houve nenhum tipo de movimentação na casa durante toda a segunda-feira. Por volta das 19h, decidiram verificar a residência e encontraram as vítimas já sem vida.

O duplo homicídio chocou a cidade de pouco mais de seis mil habitantes, localizada a 35 km de Pouso Alegre.

Suspeito preso estava em liberdade condicional

Um homem de 28 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (12/01), como suspeito do duplo homicídio. Ele teria confessado o crime e foi levado para delegacia da Polícia Civil em Pouso Alegre. A motivação teria sido um desentendimento entre o suspeito e o arquiteto.

De acordo a PM, na noite de domingo houve um encontro na casa das vítimas, onde estavam o suspeito e outras duas mulheres. Havia consumo de bebida alcoólica na casa. Já na madrugada, deopis do desentendimento, o suspeito enforcou Vanderlei. O pai do arquiteto já estava dormindo e se levantou para defender o filho. Ele pegou uma faca e tentou agredir o homem, que conseguiu tomar a arma do idoso. O aposentado foi espancado e também morto por enforcamento.

O delegado titular na delegacia de Silvianópolis, Luiz Felipe Brizzi, ainda vai ouvir o suspeito e testemunhas do duplo homicídio. Ele também comenta que havia uma festa na casa no momento do crime.

“Informações preliminares são de que teria corrido uma festa na casa. Durante a festa houve uma discussão entre o Vanderlei e com um dos convidados, que cometeu os homicídios. A princípio, as mortes teriam sido por estrangulamento. O autor teria utilizado uma camiseta para enforcar as vítimas”, conta o delegado.

Ainda segundo a polícia, o suspeito do crime está em condicional há dois meses. Ele cumpria pena de nove anos prisão e tem passagens por homicídio e estupro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade