Publicidade

Estado de Minas

Suspeito de estuprar moradoras de rua é queimado no Bairro Lagoinha

Corpo foi encontrado amarrado a um poste e com sinais de agressão. Testemunhas que vivem nas ruas disseram à polícia que ele atacou mulheres sem-teto


11/01/2021 08:46 - atualizado 11/01/2021 16:56

Viaduto Senegal, na Lagoinha, onde o corpo foi localizado durante a madrugada(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Viaduto Senegal, na Lagoinha, onde o corpo foi localizado durante a madrugada (foto: Reprodução da internet/Google Maps)
 
Ainda não há pista dos suspeitos do assassinato de um morador de rua na madrugada desta segunda-feira no Bairro Lagoinha, Região Noroeste de Belo Horizonte. O corpo dele foi encontrado amarrado a um poste e queimado. De acordo com a Polícia Militar (PM), outras pessoas em situação de rua disseram que ele teria cometido estupros.

O corpo foi localizado na área do Viaduto Senegal, por volta da 1h40. A vítima teria por volta de 30 anos e foi identificada apenas por um apelido. Os restos mortais ainda estavam em chamas quando a polícia chegou. 

O homem estava sentado no chão, amarrado a um poste. A perícia da Polícia Civil esteve no local e constatou lesões no crânio que podem ter sido provocadas por faca ou facão. Um pedaço de madeira também teria sido usado para golpear a vítima. 

Segundo a PM, moradores de rua da região disseram que a vítima teria estuprado várias mulheres sem-teto. O caso será apurado e a ocorrência foi registrada na 6ª Delegacia de Homicídios Noroeste. 

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informa que o fato foi registrado, nesta segunda-feira (11/1). O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal André Roquette e será submetido à necropsia. As investigações já iniciaram e tão logo existam informações pertinentes, a imprensa será informada.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade