Publicidade

Estado de Minas ALERTA

COVID-19: casos confirmados crescem 90% em Cachoeira da Prata

Agência bancária está fechada após suspeita de contaminação dos funcionários e Prefeitura publica decreto reduzindo horários de funcionamento do comércio


30/11/2020 16:59 - atualizado 30/11/2020 17:11

Novos casos positivos de coronavírus saltaram de 52 no início do mês para 99 no dia 27(foto: Prefeitura Municipal de Cachoeira da Prata/Divulgação)
Novos casos positivos de coronavírus saltaram de 52 no início do mês para 99 no dia 27 (foto: Prefeitura Municipal de Cachoeira da Prata/Divulgação)
Cachoeira da Prata, município localizado na Região Central de Minas, possui menos de 3,6 mil habitantes e sua população viu em novembro os casos de COVID-19 crescerem 90%. Isso levou a Prefeitura a reduzir o horário de funcionamento do comércio e proibir sua abertura aos domingos, assim como de igrejas e templos religiosos.

Os novos casos da doença saltaram de 52 no dia 3 para 99 na última sexta-feira. Somente entre os dias 24 e 27 foram registrados 11 novos casos positivos de coronavírus. Em todo mês de novembro foram anotados 47 novos casos da doença, quase todo o número que a cidade possuía desde o início da pandemia, em março.

 
Um novo decreto foi publicado na tentativa de conter o avanço da doença e limitar a circulação de pessoas na cidade. Nele, o funcionamento de vários estabelecimentos comerciais, como postos de combustíveis, supermercados, padarias, restaurantes e lanchonetes, deverá ser das 6h às 18 horas, de segunda a sábado. No domingo é proibido abrir as portas.

A medida, no entanto, só não se aplica às farmácias, que no domingo poderão funcionar até as 11 horas. As igrejas, templos religiosos, casas de festa e feiras livres, por exemplo, não poderão funcionar aos domingos.

Uma, das apenas duas agências bancárias da cidade, está fechada desde a última quinta-feira. Após a suspeita de contaminação por COVID-19 de alguns funcionários, a Prefeitura resolveu intervir e obrigou o fechamento até que saiam os resultados dos exames.

Banco confirma 

Em nota, o Banco Itaú confirmou que a agência de Cachoeira da Prata ainda se encontra fechada e que passa por processo de higienização, “seguindo todos os protocolos de limpeza e uso de antissépticos adequados”. Explica que todos os funcionários da unidade foram afastados temporariamente de suas funções e pede que os clientes da cidade que necessitarem de atendimento presencial devem se dirigir à agência localizada em Sete Lagoas, no Bairro Canaã.

O Tribunal de Justiça também decidiu suspender, no início da semana passada, os atendimentos presenciais da Comarca de Sete Lagoas no Fórum Desembargador Félix Generoso, que é responsável pelos processos de Cachoeira da Prata.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade