Publicidade

Estado de Minas PECULATO

PRF prende em Minas tesoureiro que desviou R$ 700 mil de cidade do interior do ES

Com ele, policiais apreenderam R$ 27 mil em dinheiro vivo. Suspeito não soube explicar origem do dinheiro, o que levou os policiais até o mandado de prisão em aberto contra ele


10/11/2020 19:07 - atualizado 10/11/2020 20:20

Dinheiro apreendido dentro de Nissan Sentra do ex-tesoureiro da Câmara de Itarana(foto: Divulgação/PRF)
Dinheiro apreendido dentro de Nissan Sentra do ex-tesoureiro da Câmara de Itarana (foto: Divulgação/PRF)

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem suspeito de desviar R$ 700 mil da Câmara de Itarana, cidade do interior do Espírito Santo. A detenção aconteceu na tarde desta terça (10) na BR-381 em João Monlevade, Região Central de Minas Gerais.

 

De acordo com a PRF, os agentes apreenderam R$ 27 mil em dinheiro vivo com Adair Lucas. A quantia, dividida em notas de R$ 100 e de R$ 50, estava dentro de um Nissan Sentra dirigido pelo suspeito.

 

Adair, segundo a PRF, não soube explicar a origem do dinheiro. Dessa maneira, os policiais buscaram pelo nome do suspeito no sistema de dados da polícia e descobriram que havia um mandado de prisão preventiva em aberto contra ele.

 

Ainda segundo a polícia, o mandado em aberto era pelo crime de peculato, desvio de dinheiro público por um servidor que o administra. Ele era tesoureiro da Câmara de Itarana desde 2005, mas foi exonerado na semana passada.

 

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de João Monlevade.

 

A cidade de Itarana tem pouco mais de 10 mil habitantes e está localizada a cerca de 120 quilômetros de carro de Vitória. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade