Publicidade

Estado de Minas HOMICÍDIO

Homem é morto dentro de casa; suspeita é de que assassino seja traficante

Criminosos bateram na porta da casa, em Ibirité, gritando pelo nome da vítima e dizendo que eram da polícia


21/10/2020 17:28 - atualizado 21/10/2020 17:52

(foto: Google Street View/Divulgação )
(foto: Google Street View/Divulgação )

Um traficante conhecido por “Vitinho” é o principal suspeito do assassinato de Carlos Vitor Carvalho Duarte, de 20 anos, na madrugada desta quarta-feira (21), ocorrido na casa da mãe dele, na Rua Ipê, no Bairro Redenção, em Ibirité. A vítima foi encontrada estirada, em cima da cama, com vários tiros, que atingiram a cabeça, o peito e braços.
Por volta da meia-noite, segundo a mãe da vítima, Dona Luciana, ela e o padrasto da vítima, Deivisson, estavam deitados, quando bateram na porta da casa, chamando por Carlos Vitor. “A voz dizia ser da polícia. Fui atender”, conta Dona Luciana.

Mas assim que ela abriu a porta, foi empurrada e entraram dois homens, que ela não conseguiu identificar, por estar escuro. Carlos Vitor, que estava deitado em seu quarto, saiu correndo, indo para o quarto da mãe, mas acabou alcançado por um dos homens, que começou a atirar. Logo em seguida, os dois homens saíram corendo.

Aos policiais militares que atenderam a ocorrência, mãe e padrasto contaram que a vítima era usuária de drogas, o que levantou a suspeita de que o crime seria um acerto de contas do tráfico.

Surgiu, então, a informação sobre Vitinho. Os policiais foram a casa dele, mas estava vazia. Numa consulta feita sobre Vitinho, os policais foram informados de que Vitinho estava em prisão domiciliar e que desde a meia-noite de terça-feira, a tornozeleira estava desligada, o que fez com que um alerta fosse emitido. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade