Publicidade

Estado de Minas TRANSPORTE PÚBLICO

Greve de motoristas chega ao fim e ônibus voltam a circular no Barreiro

Após três horas de greve e nenhum veículo saindo da garagem, empresa e motoristas chegaram a um acordo; promessa é de que salários atrasados serão quitados


13/10/2020 09:29 - atualizado 13/10/2020 09:52

Ônibus saindo da garagem após mais de três horas de greve(foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
Ônibus saindo da garagem após mais de três horas de greve (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)

Foram mais de três horas de greve até que os motoristas de ônibus e a empresa TransOeste, que atende o Barreiro, chegaram, enfim, a um acordo. Por volta das 9h desta terça-feira (13), a circulação dos coletivos foi normalizada.

A categoria reivindicou pagamento de salários e benefícios, além de melhores condições de trabalho. "Estamos pleiteando uma jornada de trabalho coerente, de acordo com a redução implantada pelo governo em todas as empresas", explica o motorista Helbert Eustáquio Barbosa.

"Pedimos também a reposição de perdas no ticket refeição e o pagamento de salários, que está atrasado há cinco meses. Eles fazem o funcionário assinar o contra-cheque com a data do quinto dia útil, mas, na verdade, demora de 15 a 20 dias para cair na conta deles", detalha.
 
Reunião dos grevistas(foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
Reunião dos grevistas (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
 
 
Os motoristas voltaram ao trabalho após a empresa se comprometer a realizar todos os pagamentos entre terça-feira (13) e quarta (14). Antes disso, uma primeira proposta havia sido rejeitada pelos grevistas.

A reportagem procurou o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setra-BH), que responde pelas concessionárias de ônibus, e a BHTrans, mas nenhum deles se manifestou até a publicação desta matéria.

Usuários pegos de surpresa


A movimentação foi grande nas estações Barreiro e Diamante na manhã desta terça. A empresa presta serviço para 27 linhas que ligam os terminais até bairros vizinhos e também até à região Central da capital.
 
Estação Diamante movimentada na manhã desta terça(foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
Estação Diamante movimentada na manhã desta terça (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
 

Cerca de noventa veículos - o total da frota da empresa - deixaram de circular nesta manhã de volta do feriado. Linhas de grande movimento, como 32 (Estação Barreiro/Centro), 35 (Estação Diamante/Centro), 3050 (Estação Diamante/Hospitais Via Savassi) e 3055 (Estação Barreiro/Hospitais Via Savassi) tiveram a circulação comprometida.


*Estagiário sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade