Publicidade

Estado de Minas DIA DA PADROEIRA

Carreata em Santa Luzia, na Grande BH, festeja Nossa Senhora Aparecida

Em Contagem, missa dedicada à "Mãe Aparecida" será no santuário do Bairro Eldorado


12/10/2020 12:05 - atualizado 12/10/2020 12:18

Chegada da imagem na Igreja Nossa Senhora Aparecida, no Bairro Kennedy, em Santa Luzia(foto: BETO MATEUS/ASSOCIAÇÃO CULTURAL COMUNITÁRIA DE SANTA LUZIA/DIVULGAÇÃO )
Chegada da imagem na Igreja Nossa Senhora Aparecida, no Bairro Kennedy, em Santa Luzia (foto: BETO MATEUS/ASSOCIAÇÃO CULTURAL COMUNITÁRIA DE SANTA LUZIA/DIVULGAÇÃO )
Manhã de segunda-feira (12), com festa, toque de sinos e foguete, para homenagear a padroeira do Brasil. Centenas de caminhões, carros e motos participaram, neste feriado, da procissão motorizada em homenagem a Nossa Senhora Aparecida. No andor decorado com flores brancas e amarelas, tendo no capô de uma caminhonete a bandeira nacional, a imagem seguiu pelas ruas e avenidas de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 

Enquanto os motoristas buzinavam, os passageiros levantavam balões azuis e brancos, estandartes e pequenas imagens da santa com seu manto azul. E o povo rezou e aplaudiu, notando que, atrás da imagem, estava a faixa a frase Pratique o perdão. 

A carreata foi promovida pela paróquia Nossa Senhora Aparecida no Bairro Kennedy, e os festeiros escolheram o tema Ser luz, diante da pandemia do novo coronavírus que mergulha a população mundial numa escuridão de incertezas.

"O 12 de outubro é uma data muito importante para todos nós, brasileiros. Temos que festejar e agradecer. É o dia da nossa Mãe Aparecida", disse Henrique Barbosa, de 19 anos, estudante de gastronomia, ao lado dos pais Ramón Barbosa e Vanessa Regina, moradores do Bairro São Geraldo, em Santa Luzia. 

A carreata foi promovida pela paróquia Nossa Senhora Aparecida no Bairro Kennedy, e os festeiros escolheram o tema Ser luz, diante da pandemia do novo coronavírus que mergulha a população mundial numa escuridão de incertezas.

Contagem


Às 12h desta segunda-feira (12), terá início a tradicional missa em louvor a Nossa Senhora Aparecida no Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora Aparecida, em Contagem, na Região Metropolitano de BH. 

Trata-se da primeira vez, em 36 anos, que a missa não será celebrada na Praça da Cemig.

Nos tempos pré-pandemia do novo coronavírus, a missa reunia cerca de 5 mil fiéis. Desta vez, devido ao isolamento social, serão apenas 100 pessoas, que se cadastraram previamente para participar. 

Todos deverão usar máscaras, estando disponível álcool em gel para higienizar as mãos. A celebração será presidida pelo pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, dom Vicente Ferreira, que é referencial para a Região Episcopal Nossa Senhora Aparecida (Rensa).

“Com Maria, em família, revestir-se da Palavra” é o tema da missa neste ano. 

Agendamentos para participar das missas podem ser feitos pelo telefones (31) 3351-2638 ou (31) 98403-1189 (WhatsApp). Haverá transmissão pela TV Horizonte (canal 30.1 HDTV) e redes sociais.


SERVIÇO

Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora da Conceição Aparecida – Contagem

Festa da Padroeira

– Missa às 12h e 15h

– 36ª Missa de Nossa Senhora Aparecida às 12h, presidida por dom Vicente Ferreira, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, e transmitida pela TV Horizonte

– Missa Solene às 18h30 transmitida pela TV Horizonte

– Informações sobre missas presenciais pelos telefones (31) 3351-2638 / (31) 98403-1189



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade