Publicidade

Estado de Minas TRAGÉDIA

Mulheres são presas em Nova Era após criança ser levada pela correnteza do Rio Piracicaba

Bombeiros ainda procuram por criança de 11 anos que teria se afogado na tarde dessa quinta-feira (1). Madrinha da menina foi presa


02/10/2020 15:52 - atualizado 02/10/2020 16:07

Menina de 11 anos se afogou no Rio Piracicaba, em Nova Era(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Menina de 11 anos se afogou no Rio Piracicaba, em Nova Era (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Militares do corpo de Bombeir,os começaram na manhã desta sexta-feira (2), as buscas por uma menina de 11 anos que foi levada pela correnteza enquanto brincava no Rio Piracicaba, no Bairro Córrego das Pedras, em Nova Era, Região Central de Minas Gerais, por volta das 15h dessa quinta-feira(1). Segundo a Polícia Militar a madrinha da criança e uma amiga foram presas, pois não tinham autorização da mãe para levar a criança ao local.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, quatro crianças, sendo três meninas de 12, 11 e 8 anos e, um menino de 10, estavam acompanhadas das duas mulheres, nadando no rio. Duas delas então saíram da água e as outras duas deram as mãos e caminharam até um local em que elas ainda conseguiam “dar pé”, foi aí que elas foram surpreendidas pela correnteza e puxadas para um ponto mais fundo do rio.

No momento do ocorrido, elas estavam a aproximadamente um metro de distância das duas mulheres. Uma das acompanhantes percebeu que as crianças começaram a se debater pedindo socorro e conseguiu retirar uma delas, porém, a menina de 11 anos submergiu e não foi mais vista.

A Polícia Militar foi acionada e, com a ajuda de moradores da região, realizou buscas visuais por terra, às margens do local. Voluntários fizeram pequenos mergulhos no ponto do desaparecimento. Na manhã desta sexta-feira (2), as buscas foram retomadas com o apoio dos bombeiros, mas até o momento a criança não foi localizada.

Segundo as acompanhantes, todas as crianças estavam brincando na parte rasa do rio. A mãe da criança informou à PM que a madrinha foi autorizada a ficar com a menina, mas disse que não sabia do passeio no rio. Ela disse também que as crianças estavam acostumadas a nadar no local.

A madrinha e a amiga foram presas e encaminhadas à Delegacia de Plantão de João Monlevade

 

* Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade