Publicidade

Estado de Minas ALÍVIO

COVID-19: ocupação de leitos de UTI cai 50% em Neves

Os 10 leitos inaugurados há pouco mais de um mês deram suporte ao tratamento dos casos mais graves da doença


14/09/2020 19:30 - atualizado 15/09/2020 14:18

Hospital Municipal São Judas Tadeu recebeu no início de agosto 10 leitos de UTI exclusivos para COVID-19(foto: Reprodução/Google Street View)
Hospital Municipal São Judas Tadeu recebeu no início de agosto 10 leitos de UTI exclusivos para COVID-19 (foto: Reprodução/Google Street View)
Ribeirão das Neves, na Grande BH, que já viveu dias bem difíceis em relação ao atendimento de COVID-19, parece que tem conseguido respirar nestas últimas semanas. Os 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) inaugurados no Hospital Municipal São Judas Tadeu há pouco mais de um mês trouxeram o suporte que a cidade precisava para tratar os casos mais graves da doença.
 
De acordo com a Secretaria municipal de Saúde, a redução da ocupação nos leitos de UTI específicos para tratamento de COVID-19 na cidade caiu para 50% nos últimos dias. 
 
A prefeitura ressaltou que a queda no índice se deve, principalmente, às “medidas de prevenção adotadas pelo município”. Lembrou ainda que a cidade aderiu ao programa estadual Minas Consciente e obedece a “todos os protocolos preconizados pelo programa e a classificação”.
 
Mesmo com a retomada da maioria das atividades econômicas, após quase cinco meses de restrições, a doença parece estar sob controle na cidade.
 
De acordo com fontes no Hospital São Judas Tadeu, na última quinta-feira (10) apenas três dos 10 leitos de UTI para tratamento de COVID-19 estavam ocupados. Já os leitos clínicos para a doença, com casos considerados mais leves, estavam com 60% de ocupação.
 
Em agosto, na época da inauguração dos leitos, o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Augusto Vieira, ressaltou a situação pela qual se encontrava a saúde de Ribeirão das Neves.
 
"Neves tem 400 mil habitantes, está entre as 10 maiores cidades do estado e era a única que não tinha leito de CTI. Isso, para nossa população, é um ganho imensurável. É um marco, um legado dessa administração", avaliou.


COVID-19 em Ribeirão das Neves

De acordo com o último boletim epidemiológico municipal, divulgado nesta segunda-feira (14), a cidade possui 3.091 casos confirmados de COVID-19 e 126 óbitos. Dos positivados, 2.630 se encontram curados. Os casos suspeitos chegam a 12.384, mas em crescimento estável, o que mostra a desaceleração na cidade.
 
Na comparação das últimas semanas também é possível perceber que a doença vem mostrando sinais de estabilidade. Na semana entre os dias 31 de agosto e 7 de setembro, houve a confirmação de 114 novos casos de coronavírus e seis óbitos.
 
Na semana entre os dias 8 e 14 de setembro foram registrados 95 novos casos da doença e três óbitos. O número de mortos teve queda de 50% e o de novos infectados, de 17%.
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade