Publicidade

Estado de Minas

Serra do Funil: cinco dias depois, bombeiros vencem incêndio em Mário Campos, na Grande BH

Ocorrência iniciada nessa terça-feira envolveu mais de 20 viaturas desde o começo dos trabalhos dos militares. Ventos fortes dificultaram ação da corporação


12/09/2020 17:05

Incêndio consumiu boa parte da Serra do Funil, em Mário Campos, Região Metropolitana de Belo Horizonte, informou os bombeiros(foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
Incêndio consumiu boa parte da Serra do Funil, em Mário Campos, Região Metropolitana de Belo Horizonte, informou os bombeiros (foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

 

O Corpo de Bombeiros finalmente apagou o incêndio que tomou conta da Serra do Funil, em Mário Campos, Região Metropolitana de Belo Horizonte, neste sábado (12). Os trabalhos já duravam há cinco dias, já que a ocorrência foi iniciada nessa terça (8).

 

Nessa sexta-feira (11), a corporação já havia informado que tinha como previsão debelar o incêndio até o meio-dia deste sábado. A dificuldade girava em torno dos fortes ventos no local. Tal fator fazia as chamas se espalharem pela vegetação.

 

No total, mais de 20 viaturas se deslocaram ao combate desde terça. Segundo os bombeiros, ainda não é possível calcular a quantidade de vegetação queimada nesses dias, mas o fogo consumiu quase toda a serra. 

 

O trabalho dos militares recebeu apoio de drones, que monitoravam focos de incêndio na serra. Neste sábado, restavam apenas alguns pontos de calor, longe de residências.

 

Nessa temporada de incêndios, os bombeiros têm adotado uma metodologia denominada Sistema de Comando em Operações (SCO). Essa doutrina é muito usada nos incêndios da Califórnia, estado dos EUA frequentemente atingido por ocorrências do tipo em relevo acentuado.

 

A SCO funciona como o “cérebro” da corporação durante os trabalhos. Essa metodologia foi adotada durante os cinco dias de combate em Mário Campos.

 

Além de militares, brigadistas participaram dos esforços. A Polícia Militar também prestou apoio aéreo. Apesar das dificuldades, os bombeiros informam que nenhuma residência nem fazenda das redondezas foi atingida. 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade