Publicidade

Estado de Minas METRÔ

Em fase de 'testes', Metrô de BH amplia horário para o fim de semana e feriado

Ampliação foi feita para acompanhar a reabertura comercial da cidade


05/09/2020 11:07 - atualizado 05/09/2020 11:42

Ampliação dos horários do metrô foi solicitada pela BHTrans(foto: Edésio Ferreira/EM/D. A. Press)
Ampliação dos horários do metrô foi solicitada pela BHTrans (foto: Edésio Ferreira/EM/D. A. Press)
Os moradores de Belo Horizonte que preferiram não viajar neste feriado da Independência (7/9) terão mais opções de transporte. A Companhia Brasileira de Três Urbanos (CBTU) de Belo Horizonte ampliou, de "forma experimental", o horário do metrô da capital para este fim de semana e o feriado de segunda-feira. As estações ficarão abertas até às 23h. O uso de máscaras nas dependências do transporte continua obrigatório. 

A ampliação dos horários do metrô foi solicitada pela BHTrans, na manhã da última sexta (4), para acompanhar as medidas de reabertura comercial da prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Conforme a companhia, a mudança na grade de horários tem o objetivo de garantir a oferta de transporte público para todos os trabalhadores.

Durante a fase experimental, a CBTU vai analisar a demanda de passageiros, intervalos entre viagens, segurança operacional, adequações necessárias nas rotinas de manutenção e operação, entre outras medidas, que justifiquem a ampliação do horário conforme a flexibilização comercial da PBH. 

Com a ampliação dos horários, o metrô funcionará da seguinte maneira:

  • Sábado (5): Das 5h40 às 13h e das 16h às 23h; Intervalos de 15 a 22 minutos entre os trens.
  • Domingo (06): Das 5h40 às 13h e das 16h às 23h;  Intervalos de 25 minutos entre os trens.
  • Segunda-feira - Feriado (07): Das 5h40 às 13h e das 16h às 23h;  Intervalos de 25 minutos entre os trens.
  • Terça a quinta (8 a 10/9): 5h40 às 20h30, com circulação Ininterrupta de trens nas 19 estações; Intervalos de 15 a 22 minutos entre os trens.

Dessa forma, o metrô de BH seguirá adequando os seus horários de funcionamento conforme as determinações do governo municipal, estadual ou federal. Além disso, a companhia permanece às recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde no combate à pandemia do novo coronavírus.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade