Publicidade

Estado de Minas INVESTIMENTO

Lagoa Santa abre cinco leitos de CTI exclusivos para COVID-19

Em meados deste mês, a capacidade do Centro de Terapia Intensiva será dobrada e os 10 leitos se juntarão a outros oito de terapia semi-intensiva, que estão sem pacientes


01/09/2020 13:43 - atualizado 01/09/2020 16:23

Os novos leitos de CTI tiveram um investimento de R$ 2 milhões da prefeitura e do Ministério da Saúde(foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Lagoa Santa)
Os novos leitos de CTI tiveram um investimento de R$ 2 milhões da prefeitura e do Ministério da Saúde (foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Lagoa Santa)
Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, colocou em funcionamento nesta terça-feira (1º) os primeiros cinco leitos de Centro de Terapia Intensiva (CTI) da cidade, que atenderão a toda região do Vetor Norte. Para a adequação da estrutura e aquisição dos equipamentos foram investidos R$ 2 milhões entre recursos da Prefeitura de Lagoa Santa e do Ministério da Saúde. 

A estrutura é pioneira na região e, durante a pandemia, será destinada aos pacientes em tratamento intensivo para a COVID-19 que necessitam de monitoração contínua. De acordo com o secretário de Saúde de Lagoa Santa, Gilson Urbano de Araújo, outros cinco leitos de CTI entrarão em operação no próximo dia 15 de setembro. 

Até então, para tratamento de pacientes com coronavírus, a cidade possuía oito leitos de terapia semi-intensiva, que integram o Centro Especializado em COVID-19 (Cecovid). Os leitos têm respiradores, medidores multiparâmetros e se encontram sem pacientes no momento. Eles irão se juntar aos novos leitos de CTI.

Os trabalhos do Centro de Terapia Intensiva serão coordenados pelo médico intensivista e nutrólogo, Aguinaldo Bicalho. A estrutura já está habilitada pela Secretaria de Estado da Saúde e sua operação será regulada pelo sistema SUS Fácil. 

Dos 10 novos leitos do CTI de Lagoa Santa, um deles será isolado. Todos serão equipados com monitores multiparâmetros, respiradores pulmonares, essenciais para a manutenção da respiração em pacientes acometidos por deficiência respiratória grave, camas fawler, 40 bombas de infusão, além de sistema exclusivo gerador de energia e rede elétrica gerenciada por IT médico.  

 
COVID-19 em Lagoa Santa 

De acordo com o último boletim epidemiológico municipal, Lagoa Santa possui 485 casos confirmados de COVID-19, sendo que 459 já tiveram alta e outros 26 estão sendo monitorados e em tratamentos, mas nenhum em leito de terapia semi-intensiva.

Há também na cidade seis óbitos confirmados em decorrência do coronavírus e nenhum em investigação.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade