Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Advogado que espancou ex-namorada no Buritis será julgado nesta sexta

Vítima levou socos, chutes e pisões na portaria do prédio em que mora. Acusado de tentativa de feminicídio vai a júri popular


27/08/2020 15:30 - atualizado 27/08/2020 16:15

Caso ocorreu em abril de 2017, na Região Oeste de BH(foto: Mirna de Moura/TJMG )
Caso ocorreu em abril de 2017, na Região Oeste de BH (foto: Mirna de Moura/TJMG )
O advogado Demétrio Antônio Vargas de Mattos, acusado de tentar matar a ex-companheira, será julgado nesta sexta-feira no 1º Tribunal do Júri de Belo Horizonte. O caso ocorreu em 1º de abril de 2017.

A agressão aconteceu na portaria do prédio em que a vítima mora, no Bairro Buritis, Região Oeste de Belo Horizonte. A assistente de escritório K.L.P levou socos e chutes no rosto depois de decidir terminar o relacionamento com o advogado.

Ela foi levada inconsciente para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde ficou internada por três dias.

De acordo com o Ministério Público, que faz a acusação, o "acusado e a vítima mantiveram um relacionamento amoroso por aproximadamente um ano, sendo que ele impunha a ela um cenário de violência doméstica, com ameaças, agressões físicas e psicológicas."

Em razão dessa situação, a vítima decidiu pôr fim ao relacionamento. A mulher só não foi morta porque vizinhos decidiram intervir ao presenciar as agressões.

Como será o julgamento


O julgamento será presidido pelo juiz Leonardo Vieira Rocha Damasceno e começará às 9h.

O Ministério Público será representado pela promotora Denise Guerzoni Coelho. Irái atuar como assistente de acusação a advogada Isabel Araujo Rodrigues.

A defesa será feita pelos advogados Jamilla Monteiro Sarkis e Leonardo Augusto Marinho Marques.

(Com informações do TJMG)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade