Publicidade

Estado de Minas ROUBO E MORTE

Dupla suspeita de matar lavrador em Minas é presa no Espírito Santo

Homens teriam cometido o assassinato no domingo, em Mutum, e depois fugido com R$ 6 mil da vítima


26/08/2020 17:01 - atualizado 26/08/2020 18:32

Latrocínio em Mutum foi esclarecido depois de trabalho conjunto das PM's mineira e capixaba(foto: PMMG/Divulgação)
Latrocínio em Mutum foi esclarecido depois de trabalho conjunto das PM's mineira e capixaba (foto: PMMG/Divulgação)

Num trabalho conjunto, a Polícia Militar de Minas Gerais e a do Espírito Santo esclareceram, com a prisão de dois homens, latrocínio ocorrido no domingo (23), em Mutum, que teve como vítima o lavrador José Onofre da Costa de 52 anos. Ele foi encontrado em sua casa, caído, com um corte na cabeça e um machado ao lado do corpo. Os matadores roubaram R$ 6 mil do lavrador.

Segundo as primeiras investigações, a vítima recebera o dinheiro referente ao trabalho de plantio de café. Os R$ 6 mil seriam pela participação no lote em que é meeiro. Na tarde de domingo, um vizinho, amigo de José, foi até sua casa, pois não o via desde a noite  anterior. Ao entrar na residência, que estava com a porta destrancada, encontrou o amigo já morto.

Os policiais foram informados que há cerca de duas semanas a vítima havia levado um suposto primo para morar em sua casa. Esse parente trabalharia numa plantação de tomates.

A partir daí, os dois eram vistos juntos constantemente. No sábado, inclusive, os dois beberam juntos num bar no povoado de São Jorge, até altas horas. Depois disso, o primo não teria sido mais visto.

Presos em Colatina


No entanto, os policiais tomaram conhecimento de que dois homens foram vistos caminhando nas imediações da casa da vítima, por volta das 14h de domingo. Esses mesmos homens foram vistos trafegando pelas ruas de Mutum, na motocicleta de José – teriam tomado a estrada que leva a Capim Alto e Brejetuba, no Espírito Santo.

Nas diligências realizadas no povoado de São Jorge, os policiais conseguiram a identificação dos dois suspeitos, inclusive que seriam da cidade capixaba de Marilândia.

Feito o contato com a PM do Espírito Santo, esta conseguiu localizar os dois homens, que foram presos e conduzidos para a Delegacia de Colatina, no ES. Os dois serão ouvidos e devem ser transferidos para a Delegacia de Mutum, ainda nesta semana.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade