Publicidade

Estado de Minas COVID-19

'Os jovens estão relaxando, abrindo mão da prevenção', diz secretário de saúde de Varginha

No período de 20 dias, número de jovens e adolescentes contaminados em Varginha saltou de 74 para 131, aumento de 77% nos casos


26/08/2020 11:56 - atualizado 26/08/2020 12:51

No período de 20 dias, número de jovens e adolescentes contaminados em Varginha saltou de 74 para 131 (foto: Google Street View/Reprodução)
No período de 20 dias, número de jovens e adolescentes contaminados em Varginha saltou de 74 para 131 (foto: Google Street View/Reprodução)
O número de jovens e adolescentes contaminados pelo novo coronavírus em Varginha, no Sul de Minas, tem chamado a atenção das autoridades. “Vimos que os jovens estão relaxando, abrindo mão da prevenção, minimizando as estatísticas, se sentindo fora dos grupos de risco e voltando para uma normalidade que ainda não é permitida”, alerta o Secretário Municipal de Saúde, Luiz Carlos Coelho.

 

Levantamento divulgado no dia 31 de julho(foto: Prefeitura de Varginha)
Levantamento divulgado no dia 31 de julho (foto: Prefeitura de Varginha)
Os dados aparecem nos boletins semanais divulgados pela prefeitura. No comparativo entre os dias 31 de julho e 21 de agosto, o número de jovens contaminados aumentou de 61 para 110. O número também cresceu entre os adolescentes. Nesse mesmo período foram oito casos novos. No geral, entre 10 a 29 anos, os casos de COVID-19 saltaram de 74 para 131.

 

Último boletim semanal divulgado no dia 21 de agosto(foto: Prefeitura de Varginha)
Último boletim semanal divulgado no dia 21 de agosto (foto: Prefeitura de Varginha)
De acordo com o secretário, uma das causas pode estar relacionada ao crescimento de denúncias de aglomerações na cidade. “Só no último fim de semana, em que começamos com o Disque Denúncia, recebemos 40 notificações envolvendo jovens”, completa.

 

O secretário explica que mesmo estando fora do grupo de risco, os jovens e adolescentes precisam se preocupar. “A COVID-19 pode ter manifestações graves nos adolescentes e nas crianças, quando a doença evolui de uma maneira não satisfatória. Temos adolescentes internados. Não é porque é de uma faixa etária mais jovem que a coisa vai terminar bem. Não é bem assim”, ressalta o secretário.

 

Em relação ao último boletim municipal divulgado, Varginha segue com 616 casos confirmados do novo coronavírus, sendo 26 mortes causadas pela doença. “Reiterando, as medidas de prevenção contra a COVID-19 precisam ser intensificadas. Não é o momento para relaxamento. Estamos vivendo um momento pandêmico”, finaliza secretário.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade