Publicidade

Estado de Minas UBERABA

Após surto de COVID-19 em hotel geriátrico, Justiça interdita o local

Um idoso faleceu vítima da doença na semana passada e, nesta semana, nove idosos testaram positivo. Além disso, outros quatro óbitos estão em investigação


21/08/2020 20:03 - atualizado 21/08/2020 20:54

Nove idosos foram transferidos para Hospital Regional José de Alencar durante essa semana. Oito desses pacientes foram confirmados para a COVID-19(foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
Nove idosos foram transferidos para Hospital Regional José de Alencar durante essa semana. Oito desses pacientes foram confirmados para a COVID-19 (foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
Após ordem judicial, um hotel geriátrico de Uberaba foi interditado nesta sexta-feira (21), já que a Vigilância Epidemiológica e Sanitária identificou surto de COVID-19 no local. Nove idosos foram transferidos para Hospital Regional José de Alencar durante esta semana, sendo os dois últimos levados para o hospital nesta sexta-feira. Oito desses pacientes foram confirmados para a COVID-19. 

Ainda segundo informações da Secretária de Saúde de Uberaba, na semana passada um idoso que morava no hotel geriátrico faleceu vítima da doença. Além disso, outras quatro mortes que aconteceram no local estão em investigação. “Esses óbitos aconteceram nos últimos cinco meses. Está sendo investigado quais foram as verdadeiras causas”, contou Iraci Neto, secretário de Saúde. 
A interdição do local já havia sido realizada por parte da prefeitura, no final da semana passada, mas o proprietário tentou reverter a decisão com um mandado de segurança. “Mas hoje (sexta-feira) saiu liminar do juiz para fechar o local e também os resultados positivos para COVID-19 de nove idosos. E o hotel, que só estava com três idosos, fechou de vez”, contou o secretário de Saúde de Uberaba.
 

Por ordem judicial a Secretaria Municipal de Saúde assumiu a responsabilidade pelos idosos 

O secretário de Saúde informou também que todos os pacientes estão sendo assistidos e as famílias estão sendo acionadas para que sejam realizados os encaminhamentos após a alta dos mesmos. “ A Vigilância, juntamente com a equipe epidemiológica, estão com o olhar atento a todas instituições deste segmento quanto ao cumprimento das regras sanitárias e estará apta a agir sempre que for identificado qualquer problema, com foco na segurança dos cidadãos atendidos nestes locais e dos funcionários”, finalizou. 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade