Publicidade

Estado de Minas ESFRIOU AÍ?

Temperatura começa a cair e fim de semana deve ser gelado e com chuva em Minas

Após dias de calor intenso, início da manhã desta sexta-feira (21) já foi de ventos frios e mínima de 16°C; previsão é de queda brusca na temperatura máxima


21/08/2020 08:03 - atualizado 21/08/2020 09:16

Pedestres já andam agasalhados na manhã desta sexta (21) na capital(foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
Pedestres já andam agasalhados na manhã desta sexta (21) na capital (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)
É hora de tirar os cobertores e casacos do armário: a famosa onda de frio "histórico" já começou a atingir Minas Gerais. Na capital, o início da manhã desta sexta-feira (21) foi de ventos frios e alta nebulosidade. A mínima registrada em BH foi de 16°C.

Em Minas, a menor temperatura da madrugada foi de 8,3°C em Monte Verde, na Serra Mantiqueira, no Sul do Estado. A tendência é de temperaturas ainda menores no período da noite. Chuvas foram registradas nessa região, assim como na Zona da Mata e no Campo das Vertentes.
 
Na capital, o céu ficará encoberto ao longo desta sexta e de todo o final de semana. Chuvas já foram registradas em alguns pontos da cidade.

A temperatura máxima em BH não devem ultrapassar os 22°C nesta sexta - valor bem inferior aos 32,6°C registrados  ontem (20). Em algumas regiões ao norte do estado, entretanto, onde a massa de ar polar ainda não chegou, os termômetros poderão chegar a até 35°C. 
 
 
 
Em BH, a massa de ar polar propriamente dita só chega durante o final de semana, mas seus efeitos já começaram a ser sentidos.

"O que vemos agora é um encontro da massa fria e úmida, que está na retaguarda da massa de ar polar, encontrando a massa de ar seco que estava por aqui. O sistema mesmo começa a atuar no final de semana, quando as temperaturas devem cair ainda mais e poderemos ter chuva em qualquer hora do dia", explica Anete Fernandes, meteorologista do 5º Distrito do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

A tendência é que as temperaturas na capital caiam ainda mais ao longo do final de semana, chegando à mínima próxima aos 10°C e máximas que não ultrapassem os 20°C. Há chances, também, de fortes rajadas de vento.
 
"O final de semana será frio, com chances de temperaturas amenas, por conta da alta nebulosidade. O céu deve abrir na segunda-feira (24) e com isso as temperaturas mínimas devem cair ainda mais, ficando entre 9 e 10°C, mas as máximas também deverão subir, chegando a 24°C. Aquele frio no início da manhã à noite e mais calor à tarde, como já conhecemos", comenta Anete Fernandes.
 
A tendência é que as baixas temperaturas permaneçam, pelo menos, até a próxima quarta-feira (24). 

 
Já chove em algumas partes da capital, como no Belvedere, nesta manhã de sexta (21)(foto: Benny Cohen/EM/DA Press)
Já chove em algumas partes da capital, como no Belvedere, nesta manhã de sexta (21) (foto: Benny Cohen/EM/DA Press)

 

Onda 'histórica' de frio


Essa onda "histórica" de frio é resultado da atuação de uma massa de ar polar, que vem avançando pelo país e já chegou a provocar neve em pontos da Região Sul.

O sistema vem provocando queda nas temperaturas desde quinta (20) de Norte a Sul do país. "Essa massa de ar polar é muito intensa e criará uma região de alta pressão que se espalhará pelo continente, chegando ao Sudeste, ao Centro-Oeste e até ao sul da Região Norte, onde chamam esse fenômeno de friagem", explica Memdes Luiz Melo, meteorologista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Além de Minas Gerais, a tendência é de impactos em São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Sul de Goiás e até mesmo em pontos de Rondônia, Acre e no Sul do Amazonas.

Massas de ar polar dessa natureza são normais para essa época do ano, mas a intensidade dessa é excepcional. "Comumente essas massas de ar polar se deslocam pelo oceano, enquanto o centro dessa está bem no continente. Provavelmente será a mais forte do ano", conclui Mamedes.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade