Publicidade

Estado de Minas

Policiais penais interceptam drogas em solado de chinelo de borracha em Minas

Detento que receberia a encomenda ficará impedido de receber correspondências por seis meses


14/08/2020 19:12 - atualizado 14/08/2020 19:52

Descoberta ocorreu durante a vistoria das correspondências recebidas pelos detentos na penitenciária de Muriaé(foto: Reprodução)
Descoberta ocorreu durante a vistoria das correspondências recebidas pelos detentos na penitenciária de Muriaé (foto: Reprodução)
A criatividade de presidiários e seus comparsas, que estão em liberdade, para colocar armas ou drogas nas mãos dos presos surpreende cada vez mais. Policiais penais de Muriaé I, a antiga Penitenciária Doutor Manoel Martins Lisboa Júnior, na Zona da Mata, flagraram maconha escondida dentro da borracha de um chinelo enviado por Sedex para um detento.
 
A descoberta ocorreu durante a vistoria das correspondências recebidas pelos detentos, oriundas de seus familiares. Essa fiscalização faz parte do protocolo de segurança do presídio. Tudo o que é enviado aos internos por meio postal passa por uma revista rigorosa. 

Nesse caso, ao abrirem a caixa do Sedex, os policiais estranharam o solado do par de chinelos, na cor azul. Resolveram então cortar a borracha e conseguiram localizar a droga, que estava espalhada na parte interna da sola dos chinelos. 

Imediatamente, o preso foi retirado da cela para interrogatório. Ele deverá receber sanções administrativas e disciplinares. O familiar remetente da droga terá suspensa a autorização de visitação por seis meses. O preso também não poderá receber encomendas por esse período.

Segundo a administração do presídio, as tentativas de entrada de ilícitos para os detentos é rotineira. Nos quatro primeiros meses do período de distanciamento social, 372 encomendas com ilícitos, principalmente drogas, foram apreendidas nas vistorias dos policiais penais.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade