Publicidade

Estado de Minas FRONTEIRA

PRF flagra caminhão de prefeitura realizando mudança particular

Três envolvidos foram detidos e encaminhados para a delegacia de Frutal (MG). Vereador da cidade que teria articulado o 'serviço' também será ouvido


11/08/2020 16:00 - atualizado 11/08/2020 16:16

Caminhão da prefeitura de Fronteira foi flagrado fazendo mudança(foto: Reprodução/Redes Sociais)
Caminhão da prefeitura de Fronteira foi flagrado fazendo mudança (foto: Reprodução/Redes Sociais)

Um caminhão contratado pela Prefeitura de Fronteira (MG) e que realizava uma mudança particular foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite desta segunda-feira (10) na BR-153, aproximadamente 30 quilômetros daquela cidade.

improbidade administrativa foi denunciada por dois vereadores do município e o motorista do caminhão, o dono da mudança e o seu irmão (ambos pintores) foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Frutal (MG) para os demais esclarecimentos.

Ainda segundo a denúncia, a mudança só foi possível devido à intermediação de um vereador de Fronteira.

Após serem ouvidos pelo delegado de plantão, os envolvidos foram liberados. As informações de seus depoimentos serão enviadas para a Promotoria de Justiça de Minas Gerais, com competência eleitoral, e à Justiça Eleitoral.
 
De acordo com o policial Rodoviário Federal Sérgio Tavares, segundo a denúncia dos dois vereadores, o caminhão veio de Aparecida de Goiânia (GO) com destino a Fronteira, trazendo uma mudança particular de um pintor, natural do município, mas que estava residindo no estado vizinho e resolveu voltar para sua cidade natal. “Esse caminhão tem um contrato de exclusividade com a Prefeitura de Fronteira, porém estava sendo utilizado para fins particulares”, disse.
 
Ainda segundo o policial, o dono da mudança contou que estava em dificuldades financeiras em Aparecida de Goiânia e por isso pediu ajuda a um vereador de Fronteira. “Ele intercedeu junto a alguém da prefeitura com o objetivo de conseguir o veículo para a mudança. O dono da mudança ainda disse que não pagou nada pelo serviço, a não ser os pedágios, no valor de R$ 60 e ele ajudou também com R$ 50 do combustível”, informou o policial. 
 
O caminhão usado na mudança irregular é contratado pela Prefeitura Municipal de Fronteira para utilização exclusiva em ações diárias da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos do município, tendo como finalidade a poda de árvores, substituição de lâmpadas, transporte de máquinas e tratores. O veículo estava carregado de móveis diversos como cama, sofá, geladeira, mesa, armário, fogão, ventilador, bicicleta, entre outros objetos. A cidade de Aparecida de Goiânia, origem da viagem, fica a cerca de 400 quilômetros de Fronteira. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade