Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

BH bate 18 mil casos de COVID-19; ocupação de leitos de UTI está em 92%

No fim de semana, número de casos saltou de 16.670 para 18.197 mil; 458 pessoas morreram e 138 óbitos são investigados


27/07/2020 15:06 - atualizado 27/07/2020 17:30

  

Belo Horizonte saltou de 16.670 para 18.197 mil casos confirmados de COVID-19 durante o fim de semana. De acordo com o boletim epidemiológico publicado pela prefeitura, a capital mineira soma 458 óbitos pela doença, 26 a mais que no levantamento anterior. Além disso, a Saúde municipal investiga 138 mortes pelo novo coronavírus. Ocupação de leitos de UTI para pacientes da COVID-19 continua a subir: de 91% para 92%.

 

Segundo a administração municipal, 777 profissionais de saúde da rede pública e privada testaram positivo para a doença, e 463 seguem em investigação(foto: Tulio Santos/EM/DA Press)
Segundo a administração municipal, 777 profissionais de saúde da rede pública e privada testaram positivo para a doença, e 463 seguem em investigação (foto: Tulio Santos/EM/DA Press)
 


A capital mineira tem 1.079 leitos no total, contabilizado também os particulares. Desses, 88% estão ocupados. O quadro é classificado na zona vermelha, a de maior risco de colapso do sistema de saúde – essa classificação é dada quando o indicador ultrapassa os 70%.

Outro parâmetro importante para acompanhamento das autoridades de saúde durante a pandemia é a ocupação dos leitos de enfermaria. Esses são destinados a pessoas diagnosticadas com a virose, mas que enfrentam quadros clínicos menos graves, a síndrome gripal. São 1.115 exclusivamente para a COVID-19 no total. Desses, 73% estavam ocupados no domingo.

Considerando todos os 4.626 leitos de enfermaria da rede SUS em Belo Horizonte, a taxa de ocupação era de 67%.

Números em BH


De acordo com a administração municipal, 777 profissionais de saúde da rede pública e privada testaram positivo para a doença, e 463 seguem em investigação. Foram feitos exames em 5.195 profissionais do setor, segundo as informações da prefeitura. 

Dos 458 óbitos na capital mineira, 251 são de homens e 207 de mulheres. Todas as pessoas que morreram por causa do novo coronavírus na cidade apresentavam ao menos uma comorbidade. Entre elas estão 371 idosos (acima de 60 anos), 221 cardiopatas, 162 diabéticos, 94 pneumáticos e 64 com obesidade.

Ainda de acordo com a PBH, 14.449 pessoas se recuperaram da doença


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade