Publicidade

Estado de Minas

Homem com faca expulsa passageiro sem máscara de ônibus em BH

Caso ocorreu em um coletivo da linha 4802A, no Bairro Padre Eustáquio


postado em 30/06/2020 12:25 / atualizado em 30/06/2020 15:53

No detalhe, homem segura faca que usou para ameaçar passageiro(foto: Reprodução da internet/WhatsApp)
No detalhe, homem segura faca que usou para ameaçar passageiro (foto: Reprodução da internet/WhatsApp)


Um caso de ameaça assustou passageiros de um ônibus da linha 4802A (Pindorama/Boa Vista) na manhã desta terça-feira em Belo Horizonte. Armado com uma faca, um homem ameaçou outro que estava sem máscara dentro do coletivo.

Um dos passageiros gravou um vídeo e contou ao Estado de Minas o que ocorreu. Segundo ele, por volta das 11h, o coletivo passava pela Avenida Pedro II, na altura do Bairro Padre Eustáquio, Região Noroeste da capital, quando o episódio ocorreu.



Ambos os passageiros estavam na parte da frente do coletivo, perto do motorista e dos assentos prioritários. De acordo com a testemunha, a máscara se soltou do rosto do homem de blusa vermelha que aparece no vídeo. Ao ver a situação, o homem de boné branco e máscara do Flamengo manda ele colocar novamente o acessório, que é usado para evitar o contágio pelo novo coronavírus, mas ele se recusa. 

Segundo o passageiro que gravou a confusão, diante da recusa, o homem ameaçou o outro com uma faca. Ele mandou o motorista parar para que o passageiro sem máscara desembarcasse. Quando o homem está descendo, ele é chutado pelo agressor. Conforme essa testemunha, ele só desembarcou porque foi ameaçado. 

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH) lamentou o ocorrido e informou que atua em parceria com as forças de Segurança Pública para coibir qualquer ato de violência e que "todas as ações criminosas ocorridas no interior dos veículos e nas estações, são encaminhadas às autoridades policiais para a identificação dos responsáveis."

A entidade também disponibiliza aos passageiros do transporte coletivo de Belo Horizonte o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC). Para fazer denúncias, as pessoas podem entrar em contato pelo telefone (31) 3248-7300, ou pelo site: www.transfacil.com.br informando número da linha e do ônibus, horário e local da ocorrência.

O Estado de Minas entrou em contato com a Polícia Militar sobre o caso, mas até as 12h15 não havia registro dessa ocorrência. A reportagem também acionou o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte (STTR-BH) e aguarda resposta.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade