Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

BH registra mais um dia de recorde de ocupação de leitos para COVID-19

Índice de 87% de ocupação mantém a capital na chamada 'zona vermelha'; isso ocorre quando o parâmetro ultrapassa a marca dos 70%


postado em 29/06/2020 17:28 / atualizado em 29/06/2020 22:47

Belo Horizonte já registrou 5.510 casos e 129 mortes por Covid-19. Já a taxa de ocupação de leitos está em 87% para UTIs Covid e 88% para demais UTIs(foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)
Belo Horizonte já registrou 5.510 casos e 129 mortes por Covid-19. Já a taxa de ocupação de leitos está em 87% para UTIs Covid e 88% para demais UTIs (foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)
Belo Horizonte bateu o recorde de ocupação dos leitos de  Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para COVID-19 pelo quarto dia consecutivo. Segundo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta segunda-feira (29), 87% das UTIs, aquelas dedicadas a pacientes em estado grave da doença, estão em uso.

A capital mineira registrou 5.510 casos confirmados. Desses, 1.094 estão em acompanhamento – 129 pessoas morreram por causa do novo coronavírus na cidade.

Na sexta-feira, data do último boletim, eram 121 óbitos e 5.195 atestados positivos.

Conforme o boletim desta segunda-feira, a capital mineira tem 301 Unidades de Terapia Intensiva para a COVID-19. Esse índice coloca a capital na chamada “zona vermelha”. Isso ocorre quando o parâmetro ultrapassa a marca dos 70%.

Na sexta-feira (26), 86% dos leitos para COVID-19 estavam ocupados. Na quinta e na quarta-feira, eram 85%.

Considerando todos os leitos de terapia intensiva em Belo Horizonte (no total, são 990, incluindo não só aqueles dedicados à pandemia), a ocupação é de 88%.

Enfermarias


Conforme o balanço desta segunda-feira, com base em números apurados no dia anterior, a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria para COVID-19 é de 71%. O total destinado para pacientes com a doença é de 798.

No contexto geral, isso é, os leitos de enfermaria para todas as doenças, a taxa de ocupação registrada na quarta é de 69%. São 4.523 unidades.

PBH deve aumentar número de leitos


A prefeitura está verificando com os hospitais 100% SUS a possibilidade da abertura imediata de novos leitos de UTI. 

Em junho, foram abertos pela secretaria 232 leitos COVID na Rede SUS/BH – 81 UTIs e 151 enfermarias. Somente na última semana, a Prefeitura de Belo Horizonte colocou em funcionamento desde a quinta-feira, dia 25, 74 novos leitos Covid – 19 UTIs e 55 enfermarias.

"Caso os índices de contaminação não sejam reduzidas, todos os esforços de abertura de novos leitos para o atendimento de pacientes podem não ser suficientes para o volume de pessoas que vai necessitar de assistência", informou, por meio de nota.

A Secretaria Municipal de Saúde destaca que, para conter a contaminação pelo novo coronavírus, é extremamente necessário que a população siga as medidas de prevenção como o uso de máscaras, distanciamento de 2 metros, isolamento social e higienização das mãos.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade