Publicidade

Estado de Minas GRANDE BH

Homem é executado em acerto de contas do tráfico em Jaboticatubas

Além dele, outra pessoa que estava no local e não tinha relação com os criminosos também foi atingida pelos tiros


postado em 08/06/2020 08:42 / atualizado em 08/06/2020 10:03

Crime aconteceu no município de Jaboticatubas, na Grande BH(foto: Reprodução/Google Street View)
Crime aconteceu no município de Jaboticatubas, na Grande BH (foto: Reprodução/Google Street View)
Um homem de 27 anos morreu e outro de 54 ficou ferido na noite desse domingo (7), durante tiroteio em uma casa no Bairro Bom Jardim, em Jaboticatubas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A Polícia Militar acredita que a motivação seja acerto de contas de tráfico de drogas.

Em plena pandemia, uma confraternização acontecia na residência quando um indivíduo desconhecido entrou no quintal da casa com um carro. Ele pediu um cigarro e um isqueiro e, instantes depois, outras duas pessoas também chegaram ao local e atiraram repetidas vezes contra ele, que caiu ao chão. Na sequência, a dupla arrastou a vítima para o lado de fora da casa e continuou a disparar contra a cabeça dela. Em seguida eles fugiram.

Após o ocorrido, o dono da casa percebeu que o vizinho, que estava no local e não tinha nenhuma relação com os criminosos, também havia sido atingido e estava caído ao chão. Ele foi levado com vida para um hospital de Jaboticatubas e posteriormente transferido para o João XXIII, em Belo Horizonte, com perfurações na cabeça e atrás da orelha.

As testemunhas informaram que a dupla de autores entrou na casa a pé. Não sabiam informar se estavam com algum veículo e nem repassar mais características ou a direção da fuga.

No local, a Polícia Militar recolheu 34 cápsulas vazias de munição de 9mm, uma cheia e intacta, 13 fragmentos de projéteis e uma mira a laser. O veículo usado pela vítima foi recolhido e levado para o pátio do Detran de Santa Luzia.

Passagens pela polícia


A vítima que faleceu tinha diversas passagens pela polícia, por crimes como tráfico de drogas e homicídios na região do Alto do Tanque, em Santa Luzia, também na Grande BH.

No último dia 6, ele havia sido abordado pela guarnição de Jaboticatubas e se identificado com o nome do irmão. Ele informou que morava na região há pouco tempo.

Procurado, o irmão informou à Polícia que a vítima pegou o carro dele e desapareceu desde então. Na ocasião, ele cometeu uma tentativa de homicídio contra um traficante da região - que é o principal suspeito do assassinato ocorrido na noite do domingo.

*Estagiário sob supervisão do subeditor Daniel Seabra


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade