Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA EM BH

Pompeia é bairro de BH com mais mortes pela COVID-19: veja lista completa

Dados da prefeitura mostram que oito bairros da cidade concentram mais que uma vida perdida pela doença


postado em 03/06/2020 23:22 / atualizado em 04/06/2020 10:55

O Bairro Pompeia, na Região Leste de Belo Horizonte, é aquele com maior número de mortes por COVID-19 na capital mineira. São três vidas perdidas na localidade, conforme boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura nesta quarta-feira (3).

 

Além do Pompeia, outros sete bairros concentram mais que uma morte na capital: Barro Preto (Centro-Sul), Carlos Prates (Centro-Sul), Itaipu (Barreiro), Itapoã (Pampulha), Nova Cachoeirinha (Nordeste) e Vera Cruz (Leste). Todos com dois óbitos registrados.

 

No total, são 37 bairros com ao menos uma vida perdida pela infecção causada pelo novo coronavírus.

Belo Horizonte tem 51 mortes pela COVID-19, com oito bairros registrando ao menos dois óbitos (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Belo Horizonte tem 51 mortes pela COVID-19, com oito bairros registrando ao menos dois óbitos (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
 

 

Quanto aos casos graves, o bairro com maior número de pacientes com quadros clínicos complicados é o Castelo, na Pampulha: oito pessoas com síndrome respiratória aguda grave (SRAG) causada pela COVID-19.

 

Na sequência, aparecem dois bairros da Zona Oeste da cidade: Gutierrez e Prado, ambos com seis pacientes graves. Barreiro, na região de mesmo nome; Jardim América (Oeste) e Vera Cruz (Leste) têm cinco moradores com SRAG causada pelo novo coronavírus.

 

Considerando os casos com síndrome gripal, aqueles mais brandos, o Lourdes, na Região Centro-Sul, lidera o ranking em BH: 44 pacientes nessa condição. Buritis (Oeste) tem 35. Depois, três bairros da Zona Sul: Funcionários (31), Belvedere (29) e Sion (24).

 

No quadro geral, Belo Horizonte computa, conforme o último balanço, 2.129 casos confirmados, sendo 1.589 já recuperados e 489 ainda em acompanhamento médico. Até esta quarta, 51 pessoas morreram na cidade por COVID-19.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade