Publicidade

Estado de Minas

Empresa agrícola chinesa tem 166 trabalhadores infectados pelo coronavírus em Unaí

Apesar do alto índice de contaminados, o prefeito José Gomes Branquinho (PSDB) gravou um vídeo para tentar tranquilizar a população


postado em 31/05/2020 09:00 / atualizado em 31/05/2020 09:42

O município de Unaí já foi notificado pelo Ministério Público Federal (MPF) sobre o elevado número de casos (foto: Wikimedia Commons)
O município de Unaí já foi notificado pelo Ministério Público Federal (MPF) sobre o elevado número de casos (foto: Wikimedia Commons)
O município de Unaí, localizado no Noroeste de Minas Gerais, está em alerta. Uma empresa agrícola chinesa instalada na cidade tem ao menos 166 trabalhadores infectados com o novo coronavírus. De acordo com balanço divulgado pela prefeitura no sábado (30), até o momento, Unaí registrou 203 casos positivos da doença.
 
 

Apesar do alto índice de contaminados, o prefeito José Gomes Branquinho (PSDB) gravou um vídeo para tentar tranquilizar a população. O principal argumento do prefeito é que os trabalhadores estão assintomáticos.

“Nós apresentamos um número muito elevado, assustador, de casos testados positivos, mas por outro lado, esses trabalhadores estão sem sintomas, eles não estão hospitalizados, e eles estão em isolamento. Nós não temos nenhum óbito e ninguém está internado em nosso hospital”, afirmou. 

Ainda de acordo com a Prefeitura de Unaí, o município já foi notificado pelo Ministério Público Federal (MPF) sobre o elevado número de casos do novo coronavírus, mas vai prestar todos os esclarecimentos sobre as medidas tomadas para proteger a população. 

“Nós saímos de uma reunião muito proveitosa com a empresa, que contratou os trabalhadores temporários para trabalhar no meio rural do nosso município. Os trabalhadores serão monitorados por empresa de segurança, isso está determinado em novo decreto”, completou o prefeito. 

A empresa LongPing High-Tech trabalha na cidade fazendo o desenvolvimento de sementes de milho. Os seus empregados ficam hospedados em hotéis destinados apenas para os funcionários. 

Em nota, a empresa declarou que:
 
“A LongPing High-Tech esclarece que sempre cumpriu com todos os termos dos decretos municipais aplicáveis a suas atividades e que não mede esforços para preservar a saúde de seus funcionários e da população de Unaí e região.

Mesmo tomando as devidas precauções e adotando todas as medidas recomendadas pela OMS (Organização Mundial de Saúde), um funcionário apresentou sintomas da Covid-19, fato que motivou a empresa a realizar mais de 250 testes, incluindo contratados, terceirizados e funcionários do hotel onde os trabalhadores se hospedam.

Todos os trabalhadores do hotel e terceiros testaram negativo. Os funcionários da empresa que indicaram Covid-19 ativa foram imediatamente isolados e permanecem em quarentena, conforme recomendação médica e da OMS.

Os resultados foram informados às autoridades sanitárias para as devidas providências e orientações e a empresa está trabalhando em parceria com as autoridades do município.

Todos os indivíduos que apresentaram teste positivo passam bem, estão assintomáticos e com evolução favorável da doença, não sendo necessário até o momento internação hospitalar.

A LongPing esclarece ainda que não é possível determinar qual a origem da contaminação, uma vez que os trabalhadores estão na região pelo menos desde o início de abril.”
 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade