Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS EM BH

Contraprova em funcionários e pacientes do Risoleta Neves indica que ninguém foi contaminado por coronavírus

Administração havia informado durante a semana que 50 profissionais estavam infectados


postado em 17/04/2020 20:58 / atualizado em 17/04/2020 21:29

Hospital Risoleta Neves(foto: Jorge Gontijo/EM/DA Press)
Hospital Risoleta Neves (foto: Jorge Gontijo/EM/DA Press)
O Hospital Risoleta Neves, de Belo Horizonte, emitiu um comunicado nesta sexta-feira informando que “foram feitas contraprovas” dos testes de COVID-19 em 50 funcionários e 17 pacientes e que “não há nenhum resultado positivo”.

Nesta sexta, a diretora-geral do hospital, Alzira Jorge, afirmou, por meio de nota, que “no dia 14/4, o laboratório comunicou a necessidade de revisar a metodologia utilizada, pois poderia haver falsos-positivos entre esses resultados”. A diretora afirmou, ainda, que a “notícia de hoje, de que não há trabalhador nem paciente infectado, nos emociona e tranquiliza e nos mostra que estamos no caminho certo no desenvolvimento das medidas adequadas de proteção para as equipes e pacientes”.

Veja abaixo a íntegra do comunicado emitido pela administração do hospital nesta sexta-feira, dia 17/4:

Alívio e comemoração marcaram o fim da tarde de hoje no Hospital Risoleta Tolentino Neves. Após muitas notícias baseadas em denúncias e divulgações de que a instituição estava com 50 trabalhadores e 17 pacientes infectados pela Covid-19, foram feitas contraprovas e não há NENHUM resultado positivo. 

“Na semana de 7 a 14/4, o laboratório CT Vacinas informou ao Risoleta que o teste de 50 trabalhadores e 17 pacientes havia sido positivo. Diante deste cenário ficamos bastante apreensivos e reforçamos as medidas para proteção de todos internamente. No dia 14/4, o laboratório comunicou a necessidade de revisar a metodologia utilizada(leia mais aqui), pois poderia haver falsos-positivos entre esses resultados”, explica Alzira Jorge, diretora-geral do Risoleta. 

Para confirmação, aguardava-se o resultado da contraprova de todos que haviam tido resultados detectáveis ou inconclusivos. O CT Vacinas utilizou outros protocolos para os retestes e, hoje, veio a boa notícia: não há nenhum detectável para Covid-19 entre as 75 amostras retestadas. 

“A divulgação dos diagnósticos iniciais, em um primeiro momento, gerou repercussão negativa porque vivemos um clima de muita tensão. Essa notícia de hoje, de que não há trabalhador nem paciente infectado, nos emociona e tranquiliza e nos mostra que estamos no caminho certo no desenvolvimento das medidas adequadas de proteção para as equipes e pacientes. E não mediremos esforços para continuar desenvolvendo e aperfeiçoando o plano para enfrentamento da COVID 19 em nosso hospital, conforme as recomendações das autoridades sanitárias, salienta Alzira. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade