Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS EM MINAS

Com salto dos casos de coronavírus em MG, Zema aumenta medidas restritivas

Números de casos confirmados no estado chegou a 55 neste sábado


postado em 21/03/2020 22:28 / atualizado em 22/03/2020 11:59

Zema mostrou preocupação com elevação do número de casos confirmados em Minas(foto: Governo de Minas/divulgação)
Zema mostrou preocupação com elevação do número de casos confirmados em Minas (foto: Governo de Minas/divulgação)
O último balanço da Secretaria de Saúde de Minas Gerais, divulgado neste sábado, registrou aumento de 38 para 55 casos confirmados de infecção por coronavírus no estado. Os casos investigados, por sua vez, saltaram de 4.193 para 5.862. Baseado nesses números, o governador Romeu Zema anunciou novas medidas restritivas ao comércio, principalmente na área de alimentação.

“Tomarei novas medidas restritivas com o objetivo de salvar vidas. (...) Para frear a disseminação desse vírus, a partir de agora, todos os bares, restaurantes e lanchonetes não poderão adotar o serviço interno. Só poderão trabalhar se for para entregas ou para retirar no balcão”, decretou Zema.

O governador ainda informou que a Polícia Militar fará cumprir as regras de isolamento social. “ Caso seja necessário, as pessoas poderão ser retiradas dos locais. Preciso que todos fiquem seguros em casa, e não que fiquem confraternizando em um local sujeito a risco. Precisamos entender a gravidade da situação”.

Zema informou em sua conta no Twitter que segmentos de produção e logística “são de extrema importância e continuarão funcionando”, assim “como aqueles que produzem, transportam e distribuem alimentos”. “É prioridade”, avisou.

No fim de sua thread no Twitter, Romeu Zema destacou a importância das Forças de Segurança: Polícia Militar e Civil, Bombeiros: “farão o que for necessário para que a lei seja cumprida. Vamos vencer a luta contra o #coronavírus”. Por fim, ele agradeceu os profissionais de saúde envolvidos com a causa: “Por muitas vezes, eles estão em contato direto com os infectados, trabalhando e lutando diariamente para salvar vidas!”.

Na sexta-feira, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, já havia assinado uma portaria em que declarava estado de transmissão comunitária do novo coronavírus (COVID-19) em todo o Brasil.

Em todo o país, já são 18 mortes geradas pela Covid-19, infecção causada pelo novo coronavírus. O número de casos chegou a 1.128.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade