Publicidade

Estado de Minas

Gari é suspeito de assediar meninas e correr atrás delas com pênis à mostra

Homem foi preso após ser acusado de cometer ato obsceno em Patos de Minas, no Alto Paranaíba


postado em 07/03/2020 10:00 / atualizado em 07/03/2020 10:25

Ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Patos de Minas(foto: Google Street View/Reprodução)
Ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Patos de Minas (foto: Google Street View/Reprodução)

Um gari suspeito de assediar e correr atrás de duas meninas mostrando o órgão genital foi preso em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime ocorreu na tarde dessa sexta-feira enquanto uma criança de 10 anos e uma adolescente de 13 passeavam em uma praça no Bairro Boa Vista.

Segundo o boletim de ocorrência, dois rapazes estavam uniformizados, trabalhando na coleta de lixo. Ao passar pelas garotas, o homem de 28 anos teria dito: “brotinho, gostosa”. Logo em seguida, ele teria feito o sinal da cruz e colocado a mão em seu pênis.

As vítimas contaram aos policiais que depois disso ele correu atrás delas com o órgão genital exposto. Elas correram, entraram em uma casa e pediram ajuda. A moradora da residência chamou a polícia e comunicou a família das vítimas.

A mãe de uma delas saiu a procura do gari e o encontrou sentado na mesma praça onde teria ocorrido o crime. Segundo a PM, ele estava com seu colega, e ao ser questionado sobre os fatos, se esquivou e deslocou para a empresa, onde foi localizado pelos militares.

O suspeito negou a autoria do crime. No entanto, as vítimas o reconheceram. Ele foi preso e levado para a Delegacia de Plantão de Patos de Minas. O boletim de ocorrência foi registrado como “ato obsceno”.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade