Publicidade

Estado de Minas

Empresa de bicicletas Yellow encerra atividade em BH

Startup Grow, dona das marcas Yellow e Grin, continuará operando apenas em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba


postado em 22/01/2020 18:12 / atualizado em 22/01/2020 19:01

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
A startup Grow, controladora das empresas de compartilhamento de bicicletas e patinetes elétricos Yellow Grin, anunciou que está encerrando as atividades em Belo Horizonte. A empresa também vai deixar de operar em outras 13 cidades e se concentrará apenas em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Em comunicado, a startup afirmou que a decisão se deu por "razões operacionais" e tem como objetivo manter a eficiência, estabilidade e segurança dos serviços.

 

As bicicletas foram retiradas de circulação para passar por "checagem e verificação das condições de operação e segurança". Já os patinetes das cidades que a startup deixou serão transferidas para as capitais que continuarão sendo atendidas. A reestruturação também significou a demissão de funcionários, mas a Grow não informou o número exato de desligamentos. A empresa afirma que ajudará os antigos empregados a se recolocarem no mercado. 

 

Em nota, o CEO da Grow, Jonathan Levy, afirmou que a mudança apresentou decisões difíceis "porém necessárias para aperfeiçoar a oferta de nossos serviços e consolidar a nossa atuação na América Latina". O executivo prossegue dizendo acreditar no mercado de micromobilidade e que ainda há espaço para crescimento na região. "O mercado da micromobilidade é fundamental para revolucionar a forma como as pessoas se locomovem nas cidades", escreveu. 

 

A Grow foi fundada em 2019, a partir da fusão da mexicana Grin, líder no mercado de compartilhamento de patinetes na América Latina, e a brasileira Yellow. 

 

*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa 

 

 


Publicidade