Publicidade

Estado de Minas

Minas Gerais investiga caso suspeito de coronavírus vindo da China

Uma brasileira de 35 anos que voltou de Xangai no último sábado está internada em hospital em BH


postado em 22/01/2020 15:40 / atualizado em 22/01/2020 17:39

Hospital onde está internada a paciente adotou medidas para redução de risco de transmissão do coronavírus(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Hospital onde está internada a paciente adotou medidas para redução de risco de transmissão do coronavírus (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

Uma mulher com suspeita do coronavírus está internada no Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) notificou o caso como suspeito e emitiu alerta para as unidades regionais de saúde da Organização Panamericana de Saúde (OPS) sobre o novo vírus.

Ela chegou no último sábado de uma viagem à China, onde mais de 440 pessoas foram contaminadas. Autoridades chinesas já confirmaram 17 mortes pelo vírus. Um comitê da Organização Mundial da Saúde (OMS) deve se reunir na tarde desta quarta para determinar se deve declarar uma "emergência de saúde pública de alcance internacional".

A brasileira, de 35 anos, deu entrada na Unidade Pronto Atendimento (UPA) Centro-Sul de BH. A paciente está clinicamente estável e o caso está sendo investigado. Segundo a SES, os exames para confirmar ou descartar a doença estão em andamento em laboratórios de referência.

“Tendo em vista o contexto epidemiológico atual do país onde a paciente esteve, foi considerada a hipótese de doença causada pelo novo Coronavírus, que é microorganismo de alerta sanitário internacional, considerando o potencial pandêmico com alto risco à vida e impacto assistencial”, informa a nota da SES-MG.

 

A paciente relatou à equipe que não esteve na região de Wunhan e que também não teve contato com pessoa sintomática na China.

(foto: AFP)
(foto: AFP)

(foto: AFP)
(foto: AFP)

Por causa disso, o Ministério da Saúde informou que não há detecção de nenhum caso suspeito da Pneumonia Indeterminada relacionada à China.

De acordo com o órgão federal, o caso notificado pela SES não se enquadra na definição de caso suspeito da Organização Mundial de Saúde (OMS). Isso porque em Xangai, onde a paciente esteve, não há, até o momento, transmissão ativa do vírus.

“De acordo com a definição atual da OMS, só há transmissão ativa do vírus na província de Whuan”, informa a nota do ministério.

O que são os coronavírus: 

  • Os coronavírus são uma grande família de vírus que infectam principalmente animais
  • Mas podem causar também infecções em seres humanos, com sintomas semelhantes aos resfriados ou gripes leves
  • Pode levar a complicações respiratórias em pessoas com o sistema imunológico enfraquecido
  • As infecções geralmente não são diagnosticadas por serem benignas, e se espera a cura instantânea
  • São transmitidos entre humanos por via aérea, contato com secreções ou objetos contaminados, principalmente no inverno
  • Dois coronavírus causaram epidemias graves e possivelmente mortais em humanos
  • A SARS, Síndrome Respiratória Aguda Grave foi responsável por uma epidemia mundial entre novembro de 2002 e julho de 2003
  • E a MERS, Síndrome Respiratória do Oriente Médio, identificada pela primeira vez em 2012
  • Em 2020 um novo coronavírus foi identificado na China
  • Os principais sintomas são febre, tosse e dificuldade para respirar, além de dores no estômago
  • As duas síndromes tiveram origem em morcegos, na época um animal intermediário
  • No caso da SARS, a origem foi o gato de algália, consumido por humanos na China. No caso da MERS, um dromedário
  • Ainda não existem medicamentos ou vacinas para combater esse vírus

 Sintomas de infecção por coronavírus

 

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

 

Casos graves

 

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratório agudo severo
  • Insuficiência renal

 

 

Fonte: OMS, INSERM


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade