Publicidade

Estado de Minas

Faop abre inscrições para processo seletivo do curso de conservação e restauro

Interessados podem ser candidatar até 3 de fevereiro. Há 36 vagas divididas entre dois períodos. Curso técnico é reconhecido pelo MEC


postado em 15/01/2020 06:00 / atualizado em 15/01/2020 08:18

Rodrigo Martins é um dos inscritos na seleção para curso técnico em patrimônio histórico em Ouro Preto(foto: Acervo pessoal)
Rodrigo Martins é um dos inscritos na seleção para curso técnico em patrimônio histórico em Ouro Preto (foto: Acervo pessoal)


Os projetos para 2020 do jovem Rodrigo Martins, de 19 anos, começam a ganhar forma neste início de janeiro. Na tarde de ontem, decidiu fazer inscrição para o processo seletivo do curso técnico em conservação e restauro da Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop), em Ouro Preto, na Região Central do estado. Há 36 vagas – 18 para o período da manhã e 18 para a noite – e oferta de bolsas de estudo com valores integrais e parciais. Os estudos abrem portas para trabalho em museus, fundações, bibliotecas, arquivos e demais atividades ligadas à preservação e à conservação do patrimônio cultural e artístico.

“Estou animado, pois é tudo o que quero: estudar, morar e, no futuro, quem sabe, trabalhar em Ouro Preto”, disse Rodrigo, um dos jovens que completarão 20 anos em 2020 entrevistados sobre os planos e sonhos, na edição do Estado de Minas de 1º de janeiro. Com conhecimento da área, já que fez o curso de guardião do patrimônio cultural da Arquidiocese de Belo Horizonte, Rodrigo, morador de Santa Luzia, na Grande BH, sabe da importância do profissional formado na Faop. “O curso dá uma visão ampla, algo fundamental no ofício”.

Reconhecido pelo Ministério da Educação, o curso técnico em conservação e restauro da Faop – com inscrições até 3 de fevereiro – é considerado um dos mais tradicionais do país, sendo referência internacional no processo de restauração de bens culturais móveis nas áreas de papel, escultura policromada e pintura de cavalete. Serão cinco módulos semestrais, compreendendo aulas teóricas e práticas.

O sistema de admissão, que ocorre por meio de provas de língua portuguesa, química, informática e aptidão visual e motora, será em 9 de fevereiro, em Ouro Preto, a 95 quilômetros de Belo Horizonte. Para se candidatar, os interessados devem ter concluído ou, no mínimo, estar cursando o segundo ano do ensino médio. A inscrição é online, com taxa de R$ 60 e está disponível no site da Faop.

As aulas começam em 10 de março e serão ministradas de segunda a sexta-feira. Para este processo seletivo são oferecidas 24 bolsas de estudo, sendo 12 por turno. Para o turno da manhã: quatro bolsas de estudo por classificação (duas no valor integral para os candidatos classificados em primeiro e segundo lugares, e duas no valor parcial de 50% para classificados em terceiro e quarto lugares); oito bolsas por solicitação via questionário socioeconômico (quatro no valor integral e quatro no valor parcial de 50%).

Para o turno da noite: quatro bolsas por classificação (duas no valor integral para classificados em primeiro e segundo lugares, e duas no valor parcial de 50% para classificados em terceiro e quarto lugares); oito bolsas por solicitação via questionário socioeconômico (quatro no valor integral e quatro no valor parcial de 50%).

Pioneiro


O curso técnico em conservação e restauro da Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop) teve início com o restaurador Jair Afonso Inácio, na década de 1970. Considerada a primeira experiência na formação de profissionais de forma regular no Brasil, é, conforme a instituição de ensino, referência internacional no processo de restauração de bens culturais móveis nas áreas de papel, escultura policromada e pintura de cavalete.

Serviço


Inscrições para o processo seletivo da Faop até 3 de fevereiro

» Informações pelo telefone (31) 3551-2014, ramal 234, ou por e-mail ao nucleoderestauracao@faop.mg.gov.br
» Para acessar o edital completo: www.faop.mg.gov.br.


Publicidade