Publicidade

Estado de Minas

Polícia prende trio com R$ 63 mil em notas falsas, no Norte de Minas

Ainda está sendo investigado o total do dinheiro falso que foi derramado no comércio regional


postado em 13/12/2019 18:25 / atualizado em 13/12/2019 18:59

(foto: Redes Sociais/Whatsapp)
(foto: Redes Sociais/Whatsapp)
A Policia Militar (PM) prendeu em Porteirinha, no Norte de Minas, três homens, suspeitos de realizarem compras no comércio da região com dinheiro falso. Com eles foram apreendidos R$ 63 mil em notas falsas de 100, 50, 10 e cinco reais. Os suspeitos, com idades de 28, 33 e 36 anos, foram levados para a delegacia da Policia Federal em Montes Claros, na mesma região.

Ainda está sendo investigado o total do dinheiro falso que foi derramado no comércio regional. As prisões e a apreensão das notas falsificadas aconteceram na noite de quinta-feira.

A PM chegou até os suspeitos após o recebimento da denúncia de que eles fizeram compras de baixo valor com as notas falsas no comércio de Janaúba (distante de 30 quilômetros de Porteirinha). Um dos homens presos foi identificado pelas vitimas por meio de uma rede social.

A maior quantidade das notas falsas -mais R$ 60 mil – foi encontrada na casa um integrantes do trio em Porteirinha. Na residência também houve a apreensão de nove papelotes de cocaína. Os suspeitos disseram que adquiriram as cédulas falsas de um homem do interior da Bahia. Segundo a PM, a falsificação ficou visível e grosseira, com várias notas com a mesma numeração de série.

De acordo com o boletim de ocorrência da PM, um suspeito fez uma compra em um pequeno comércio no Bairro Cohab, em Janaúba paga com uma nota falsa de R$ 20,00 . Na sequência, dois indivíduos comprou dois espetinhos no Bairro Ribeirão do Ouro, na mesma cidade, efetuando o pagamento com uma nota de R$ 20,00 também falsificada. As vitimas conseguiram identificar um dos suspeitos por meio de uma rede social, descobrindo que ele morava em Porteirinha, onde o trio responsável pelo repasse das cédulas falsas foi preso pela Policia Militar.


Publicidade