Publicidade

Estado de Minas

Grupo é detido após sequestro de motorista de aplicativo em BH

Crime ocorreu na noite de domingo. Motorista foi colocado no porta-malas, agredido e depois abandonado em matagal. Um outro homem também foi assaltado


postado em 09/12/2019 09:29

Cinco homens com idades entre 16 e 23 anos foram detidos após uma sequência de crimes na noite de domingo em Belo Horizonte. Um motorista de 32 anos, que presta serviços por um aplicativo, foi uma das vítimas. Ele foi sequestrado e agredido. Um outro rapaz, de 23 anos, também foi assaltado e ficou sem o celular. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), o motorista contou que, por volta das 19h40, uma mulher pediu uma corrida partindo da Rua Marilândia, no Bairro Ribeiro de Abreu, Região Norte da capital. Chegando ao local, ele foi surpreendido por um homem armado, que o mandou desembarcar. Em seguida, outros três se aproximaram. O motorista foi colocado no porta-malas e os criminosos saíram dirigindo. 

A vítima contou aos policiais que enquanto seguiam viagem, os assaltantes diziam que iam roubá-lo e depois jogá-lo e uma pedreira no Bairro Solimões. Um dos mais novos sugeriu que ele fosse assassinado. Em determinado momento, ele foi agredido a coronhadas ao encostar na arma de um dos criminosos ao tentar se proteger, já que ele apontava o revólver para a cabeça da vítima. Depois disso, ele foi deixado na Estrada do Sanatório. Os assaltantes mandaram o motorista correr e ele chegou ao ouvir um estampido que seria de um disparo. O motorista ficou escondido por 20 minutos e acabou localizado pela cunhada dele em virtude de rastreamento por celular. A mulher o buscou de carro e ele foi levado para um hospital. 

A denúncia chegou à PM, que enviou um alerta via rádio às viaturas. Com as características e a placa, alguns militares foram até a possível rota de fuga dos criminosos e avistaram o carro na Rua Paulo Campos Mendes. Os criminosos saíram do carro e fugiram da polícia a pé, correndo para um matagal. Dois foram detidos antes de se esconder na vegetação. O menor de idade foi apreendido no matagal após buscas com o apoio de uma aeronave. Outro assaltante, de 20 anos, foi encontrado se aproximando da casa do menor. Os policiais descobriram que eles são irmãos. 

A casa foi revistada. Na gaveta de uma cômoda, os policiais encontraram vários celulares com queixa de roubo. Na residência de outro homem detido, os policiais localizaram uma espingarda calibre 22. Conforme a PM, durante a ocorrência também foram apreendidos dois simulacros de arma. A outra vítima de assalto, que teve o celular roubado, foi localizada depois. A ocorrência foi encerrada na Delegacia Especializada de Orientação e Proteção ao Adolescente (Dopcad). 


Publicidade