Publicidade

Estado de Minas

Violência em Uberaba: mulheres são espancadas e ameaçadas por homens

Em um dos casos, homem invadiu casa da ex, jogou acetona no corpo ela e ameaçou queimá-la. Em outro, vítima foi espancada pelo marido


postado em 02/12/2019 14:43 / atualizado em 02/12/2019 14:50

(foto: arte)
(foto: arte)

A polícia procura por dois homens que espancaram mulheres em Uberaba, na Região do Triângulo Mineiro. Em um dos casos, o autor jogou acetona no corpo da vítima e ameaçou atear fogo. Além disso, a agrediu com socos e chutes. Na outra ocorrência, o agressor ficou irritado por ter que fazer manobras com o carro no estacionamento de uma casa. Ele bateu na companheira, ameaçou matá-la, e fugiu.

Os dois casos aconteceram no domingo. Um deles ocorreu na Avenida Breno Prata Decina, no Bairro Beija Flor II. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), a vítima, de 30 anos, contou aos militares que estava dormindo em casa quando ouviu um barulho de alguma pessoa pulando o muro da residência.

Segundo ela, o ex-companheiro, de 33, entrou no quarto com um frasco de acetona e jogou o líquido sobre o corpo dela. Em seguida, a ameaçou dizendo que iria atear fogo. Não satisfeito, desferiu vários socos contra a mulher e quebrou móveis da casa. Além disso, quebrou a motocicleta da vítima.

A mulher contou que está separada desde abril deste ano e que o homem já tinha invadido o imóvel e quebrado alguns pertences dela. Os militares fizeram buscas na região, mas o autor não foi encontrado.

Mais mulher agredida


Outro caso aconteceu na noite de domingo no Bairro Conjunto Uberaba Um. A vítima informou que saiu de casa pela manhã para ficar com o pai, que está acamado. Por volta das 20h30, voltou para casa. O marido foi retirar o veículo da garagem, mas teve que realizar várias manobras, motivo que ficou irritado.

Depois que a mulher entrou, o homem começou a xingá-la e a ameaçou de morte. Disse que picaria o corpo dela. Segundo o boletim de ocorrência da PM, a mulher foi para o lado externo da residência com a filha e tentou fugir. Mas, neste momento, acabou alcançada e agredida com socos no rosto pelo autor.

A mulher contou que voltou para casa e que foi arremessada no chão. As agressões aconteceram na frente da filha do casal, que pediu por algumas vezes para o pai parar. A vítima saiu da residência e se encontrou com um casal de amigos. Ela foi levada até a casa dos pais.

Os policiais militares fizeram buscas pelo autor, mas ele não foi encontrado. A mulher afirmou que não foi a primeira vez que foi agredida pelo companheiro.


Publicidade