Publicidade

Estado de Minas

Roberto Waack deixa cargo de presidência da Renova

Renova é a entidade responsável pela reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão em 2015


postado em 20/11/2019 22:55

A Fundação Renova, entidade responsável pela reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), informou, nesta quarta-feira, sobre o processo de transição na presidência da organização. Roberto Silva Waack, atual diretor-presidente da Fundação Renova, deixará o cargo e a posição será assumida pelo atual diretor Socioeconômico e Ambiental, André de Freitas. O processo de transição está em andamento e será concluído em janeiro 2020.

Roberto Waack publicou uma carta aberta afirmando que a reparação da bacia do Rio Doce vai dar certo. "O trabalho que está sendo feito é sólido e robusto, e é indiscutível a sua capacidade transformadora. Outra é que, apesar de críticas, o modelo de governança proposto pelo Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC) foi, e continua sendo, uma alternativa consistente para enfrentar uma tragédia de proporções inéditas no Brasil, envolvendo dois estados (Minas Gerais e Espírito Santo) e quase quatro dezenas de municípios", disse.

Leia aqui a carta pública de Roberto Silva Waack


A Fundação Renova informa que "se mantém comprometida com a reparação integral da bacia do rio doce e tendo diálogo como base das suas ações."


Publicidade